PESQUISA2015

Agora que tenho o layout novo (e amando), chegou a hora de conhecer melhor quem lê o blog! Quando a gente escreve não tem muita noção de que tem leitores em todos os lugares e com todos os gostos. Isso me deixa muito feliz e, por isso, preparei uma pesquisa pra que o conteúdo seja cada vez mais interessante pra vocês. Faz muito tempo desde que fiz a úiltima dessas e chegou a hora de rever :)

São pouquinhas perguntas e não demora nem 3 minutos pra responder. Eu vou ficar muito feliz se você participar! :)

0
Share
la-roux-hd-wallpaper-light-blue1

Eba, o MECA Festival 2015 está chegando!
Quem acompanha o blog há mais tempo lembra que ano passado eu viajei pra acampar por três dias numa chácara onde acontece a edição gaúcha do festival, na cidade de Maquiné (clique aqui pra ler esse post). Foi muito louco e muito legal. Depois que o tempo passa a gente esquece os perrengues e fica com as memórias boas.

388435_253932474661872_1844047551_n

Esse ano o festival no Rio Grande do Sul não teve acampamento – o pessoal que foi de Porto Alegre teve que ir e voltar no mesmo dia, ou ficar numa cidade lá perto. Esse esquema ia sair muito caro e, pra ver as mesmas bandas, optei por ficar aqui em SP mesmo. O festival já aconteceu no fim de semana passado em Maquiné e no Rio de Janeiro, e sábado agora é a vez de São Paulo. Além dos shows, é open bar de cerveja e tem várias outras coisinhas acontecendo, como mini-festas Javali e Red Bull Music Academy, comidinhas e outras coisas!

O lineup conta com bandas como La Roux, Aluna George, Citizens! e Wannabe Jalva. Não conhece nada além da famosa I’m Not Your Toy? Preparei uma playlist no Spotify (clique aqui se você não consegue ver o player abaixo) pra você já ir se animando e conhecer melhor os artistas!

Quem aí estará lá?

 

0
Share
againstme_web-3288

Já mencionei esse show aqui algumas vezes, falando da viagem pra NY ou das melhores coisas do ano, mas não contei exatamente como foi. E foi uma história tão bizarra, que eu quero muito contar!

Alguns de vocês já sabem que sou super fã do Against Me!, uma banda punk da Flórida formada no fim dos anos noventa. Ouço eles bastante há pelo menos uns dez anos e não tinha nenhuma esperança de vê-los ao vivo. A banda só ficou mais famosa aqui no brasil depois que a vocalista, Laura Jane Grace, se assumiu como transgênero (antes ela era Thomas Gabel). Laura é um exemplo por muitos motivos. Ela já era casada com uma mulher e tinha um filho, e vinha lutando internamente com isso sozinha até decidir se assumir. Toda a história é muito bonita.
Além disso, a música é muito legal. Das mais antigas, minhas favorita são Sink, Florida, Sink e Pints Of Guiness Make You Strong. O disco lançado há um ano atrás conta muito do processo de Laura virando transgênero, se chama Transgender Dysphoria Blues e você pode ouvir dando o play aí em cima.

Enfim, vamos à história – que é longa, mas divertida!  Continue reading

0
Share

Eba! Quem vê o blog direto no browser já percebeu que estou com um layout novo! Instalei ontem à noite pra que ele estivesse funcionando hoje cedo.
Aquele antigo, com a ilustração fofa e rosinha, não me representava mais. Queria algo bem mais simples e menos infantil.
O conteúdo continua o mesmo.
A identidade visual nova que já estava nas minhas redes sociais foi feita por mim mesma. Eu adaptei um tema e instalei tudo. Ainda estou arrumando umas coisinhas aqui e ali. Deu o maior medo de fazer besteira mas, enfim, blogueira roots é isso haha

Espero que vocês tenham gostado :)

3
Share
Franjinha1

Outro dia eu postei uma selfie no instagram e algumas meninas vieram pedir o segredo pra minha franja ficar no lugar nesse calor. Não sei onde vocês estão, mas aqui em São Paulo tá muito quente! Não tem franja que sobreviva e eu às vezes fico até arrependida de ter cortado ela curta, já que fica mais complicado de prender toda a minha juba pra cima.

Mas como tenho franja há muitos anos, já tenho toda uma técnica pra que ela fique certinha! É só seguir essas dicas:

Seque do jeito certo
Se a sua franja é curtinha igual a minha, evite secar com aquelas escovas redondas. Aprendi que o que deixa ele melhor e mais natural é secar com a escova raquete. Você vai secar escovando pra um lado, depois pro outro, e só então pra frente. Fiz um gif pra vocês entenderem!
franjinhaSecar
Essa técnica é boa principalmente pra quem tem redemoinho, ou o cabelo “viciado” pra um lado.

Evite ficar passando a mão durante o dia
Quem tem franja costuma ficar o dia inteiro arrumando, tentando colocar ela no lugar. Mas isso só faz com que seu cabelo fique mais oleoso, mais rápido! Tente controlar essa mania – a maior parte das vezes sua franja nem tá tão desarrumada assim.

Se precisar, lave somente a franja
Sempre faço isso. Como meu cabelo é descolorido, não é saudável lavar todos os dias, então muitas vezes eu coloco uma touca de banho e lavo só a franja.

Xampu seco e talco são seus aliados
Chegou no fim do dia e o calor tá de matar, bola de fogo? Sua franja está tão oleosa que parece uma massa só, e você não tem como lavar pois vai emendar um barzinho depois do trabalho? Calma: xampu seco é seu melhor amigo nessas horas! Algumas marcas tem versões menores que dá pra levar na bolsa. Se achou muito caro, o talco de criança é um bom substituto – mas cuidado! Se o seu cabelo for escuro, tem que esperar ele absorver bem. O talco suga a oleosidade e dá um volumezinho – mas você precisa esfregar bem e checar se não está com a raiz branca antes de sair.
FranjinhaSeco

Aprenda a acertar sua franja sozinha
Franja cresce rápido demais quando você não quer que ela cresça, e devagar demais quando você quer deixar crescer. Se você se encaixa na primeira categoria, não adianta – a não ser que esteja muito bem de grana pra ir no salão a cada duas semanas, vai ter que aprender a arrumar sua franja sozinha. Eu corto de um certo jeito, porque a minha não é super reta. Mas vale pegar umas dicas com seu cabeleireiro ou prestar bem atenção como ele faz, pra depois tentar fazer em casa (é o que eu fiz). Não fica IGUAL no salão, mas dá pra sobreviver até o próximo corte.
FranjinhaCorte

E aí, tem alguma dica pras donas de franjica como eu? Deixe nos comentários, vamos trocar!

3
Share

Sei que dramatizei um pouquinho além do permitido no título, mas foi exatamente isso. Numa época em que a gente tá sempre grudado no celular em todos os lugares – no metrô, no banheiro, na cama -, ficar sem conexão é praticamente uma questão de sobrevivência.

Eu estava pensando em trocar de operadora recentemente mas acabei não fazendo isso, e quando resolvemos ir de última hora pra Ubatuba no fim do ano eu acabei ficando sem qualquer sinal de internet. Até conseguia fazer ligações, mas quem faz ligações hoje em dia se não for um assunto urgente? Então fiquei sem acesso à Facebook, Instagram e Whatsapp por uma semana.

DetoxDigitalMagentinha

Nos primeiros dias foi meio difícil. Eu fiquei meio entediada em alguns momentos, até cheguei a tirar fotos e colocar pra postar no Instagram (assim elas subiriam de uma vez quando eu chegasse em São Paulo) mas acabei deletando e deixando pra postar depois. Nos primeiros dias nós fomos até o centro de Ubatuba mas nem lá eu tive um sinal decente que desse pra ver qualquer coisa direito, e foi aí que eu percebi que ia ter que superar esse vício.

A coincidência é que eu estava terminando de ler o livro da Arianna Huffington que já falei no meu vídeo de Favoritos 2014, e ela fala sobre essa necessidade que nós temos de ficar conectados o tempo todo e como isso faz mal pra nossa saúde. Não conseguimos desconectar nossa mente do trabalho e dificilmente temos um tempo só pra nós. Resolvi que esses dias eu ia esquecer que existe rede social e simplesmente tomar cerveja na piscina, comer churrasco, terminar meu livro e curtir meu namorado.

E foi isso que aconteceu: eu só usei o celular pra tirar umas poucas fotos. Nós levamos a Polaroid Cube (um post sobre ela entra em breve) com a capa pra tirar fotos debaixo d’água. A casa em que ficamos era de frente pra praia, literalmente, então nós dificilmente ficávamos na praia (acho que só precisei levar bolsa uma vez). Costumávamos sair da casa pra entrar no mar e voltar, ou pra caminhar de manhã e no fim do dia. Fomos em outra praia, pegamos uma trilhinha, mas nenhuma dessas vezes eu levei alguma coisa comigo, muito menos o celular. Não rolou a clássica selfie debaixo do guarda-sol, a maior parte das fotos é dos bichos que moravam na casa (um gato e um cachorro, já postei foto deles depois que voltei no meu Instagram).

Eu percebi que foi muito mais leve não passar uma semana lendo as pessoas reclamando da uva passa no arroz ou de qualquer coisa que seja. A gente usa muito as redes sociais pra desabafar, e isso pode até dar um pouco de alívio na hora, mas ler os desabafos e reclamações de todo mundo o tempo todo traz um peso pra nossa vida que não existia antes. Lembra quando o Orkut só servia pra fazer amigos e postar fotos? Hoje todo mundo quer dar a opinião e mostrar como está mais insatisfeito com a vida, com o governo e até com as celebridades. Não tem nada de errado em estar insatisfeito com a política atual, mas só reclamar no Facebook não muda muita coisa. Eu fico particularmente exausta lendo meus feeds, e não tive esse sentimento na minha semana de detox digital.

Agora que estou de volta, estou tentando usar menos algumas redes sociais. Claro que preciso estar nelas por causa do blog, do trabalho e tudo mais, mas eu andava postando muito no Facebook e acabava entrando em discussões que só me deixavam irritada. A real é que a gente não pode impedir as pessoas de pensar de forma diferente, e algumas delas não querem aceitar sua opinião, então 99% dessas discussões online não levam a lugar algum.

Também parei de ficar grudada no celular antes de dormir. Tenho lido ou visto algum filme/série e deixo o celular na cabeceira. Quando acordo, vou primeiro escovar os dentes e lavar o rosto antes de ler meus feeds, e fiz uma boa limpa nas minhas assinaturas.

Que tal começar o ano com uma vida menos dependente da internet? Aposto que estamos perdendo muita coisa que acontece fora dessa telinha.

Meta #1 pra 2015: viver mais a vida offline!

0
Share
LookCCXPDia1_5

Sei que esse post está literalmente um mês atrasado mas, como eu já disse antes, dezembro foi um mês super complicado no qual eu me afastei do blog. Com isso, deixei de postar não só os looks mas também os vídeos e as fotos que eu fiz na Comic Con Experience! Vou fazer o post atrasado sim, desculpem! Hahaha.

Tava um calor do demônio e eu sabia que iria andar muito lá dentro, então escolhi um tênis da Converse pra poder bater perna. Depois me lembrei que esses tênis não são uma boa opção pra quem tem fascite plantar (uma inflamação nos pés que dói pra caramba quando se passa muito tempo andando ou em pé) como eu, mas enfim… era o que tinha. Tô numa seca de tênis, preciso urgente de uns novos e super confortáveis. Quem tem sugestões?

LookCCXPDia1_2 LookCCXPDia1_3 LookCCXPDia1_4

Camiseta e mochila: Riachuelo; Salopete: Forever 21; Brincos: Fique Rica

LookCCXPDia1_5

 

Essas fotos foram no dia que eu pintei o cabelo, então as cores ainda estavam bem vivas. Hoje, depois de muito banho, praia e sol, já saiu tudo e tá na hora de retocar!

PS: Desculpem aí a falta de close-ups e uns pés cortados, namorado ainda tá na fase de treinamento de fotógrafo de look do dia… ;P

0
Share
FelizAnoNovo

Eba, estamos de volta!

Fiquei desconectada no fim de ano. Surgiu uma viagem pra uma casa linda em Ubatuba e acabei passando a virada por lá! Não pegava 3G por nada no mundo, então fui forçada a deixar Facebook, Instagram e todo o resto de lado um pouco. Foi um detox digital forçado, mas que valeu a pena.  Falo mais disso ainda essa semana.

Começamos um novo ano sempre cheios de expectativas. Fazer exercícios, voltar a estudar, guardar dinheiro pra viajar… Eu não poderia ser diferente. Estou cheia de metas e sonhos pra esse ano. Ainda estou trabalhando minha listinha de metas pra 2015 pois quero ser bem realista e não apenas fazer metas que dependam de dinheiro, mas focar bastante no meu bem estar físico e espiritual. Isso inclui trabalhar com o que eu gosto (alô, vocês estão lendo meu trabalho favorito neste momento), me exercitar e cuidar da alma. Quero aprender a meditar e focar minha mente no que importa. Dentro de mim tem um monte de Danis, e quero aprender a extrair o melhor de cada um pra cada parte da minha vida!

FelizAnoNovo

Em breve voltam os vídeos no meu canal no YouTube (assina lá pra ver primeiro) e os posts estarão a todo vapor nesse mês de Janeiro! Já tenho todo o período planejado cheio de coisas legais pra dividir com vocês.

Vamos lá?

0
Share
ThumbFavoritosBLOG

Eba, os vídeos voltaram!
No último mês eu fiquei muito cansada ao voltar do trabalho e acabei não conseguindo gravar vídeos, mas agora estou com tempo livre até demais pra gravar e postar bastante! Porém, como já chegamos no recesso e a galera não fica online, vou dar uma segurada e deixar bastante material pronto pra janeiro. Combinado?

Pra comemorar que acabou 2014 resolvi fazer um vídeo de favoritos! As blogueiras normalmente fazem vídeos com os favoritos de beleza, mas como o meu blog fala de mais coisas além disso, resolvi ir além: escolhi os meus favoritos de cabelo, make, música, compras e livros pra contar pra vocês! Tá aí o que mais me encantou esse ano:

Pra quem não conhece o Against Me!, tá aqui o disco que eu falo no vídeo:

 

Vocês gostaram? Acham que vale uma tag mensal pra 2015?

Se quiser ficar ligado nos próximos vídeos não esquece de assinar meu canal!

0
Share

A gente que tá sempre baixando arquivos torrente sabe o risco que corre sem um computador protegido, né? Antivirus é necessidade máxima pra quem, como eu, é viciado em música, séries e filmes!

PubliBaidu

Pra incentivar você a se proteger nesse fim de ano (recesso é quando a gente mais faz download de inutilidade!), o Baidu Antivírus lançou uma promoção: é só instalar (ou atualizar, caso você já tenha) o Software e fazer uma “Verificação Rápida”. Assim, você recebe um cupom e pode ganhar um iPhone 6 ou uma viagem pra Disney!

E aí, tá esperando o que? É sua chance de abraçar o Mickey ;D

 

pospatrocinado




0
Share