Instagram

Follow Me!

  • Home
  • /
  • Category Archives: Música
thumbOQUEOUVI

O que eu ouvi em… #1

Eu costumava fazer aqui no blog um post de bandas novas, e já sugeri muita coisa por aqui! Mas resolvi deixar o lance mais dinâmico e fazer um vídeo. Vou tentar fazer todo mês, então se você tem bandas pra me indicar, só mandar!

Olha o que eu andei ouvindo em fevereiro:

Aqui vão os links pra você conhecer mais essas bandas:

The Coathangers: YouTube | Site
Phantogram: YouTube | Site
Flowers: YouTube | Site

kimgordon1

A Kim Gordon é uma mina como a gente

Uma das maravilhas de ter o Kindle é que agora não me sinto mais culpada por ter mil livros acumulando pó na minha casa então tenho lido bastante. No fim do ano terminei de ler A Garota da Banda, o livro escrito pela Kim Gordon – que se você morou numa caverna nos últimos 30 anos e não sabe disso, é a baixista/vocalista/pessoa maravilhosa do Sonic Youth.

0

Estou há tempo querendo escrever uma resenha mas precisei de uns dois meses pra algumas coisas fazerem sentido na minha cabeça. A principal delas é que eu nunca havia imaginado que a Kim Gordon, aquela mulher foda que a gente viu nos palcos pela última vez no Brasil no SWU anos atrás, era uma mina como a gente. Que ela está sujeita a ser insegura, dependente, manter relacionamentos nocivos e abusivos e se sentir perdida.

Vem cá, Kim. Me dá um abraço.

O livro é leitura obrigatória para quem gosta de Sonic Youth, mas não só isso. Pra ser sincera eu não sou fã da banda, não sabia cantar nenhuma música antes de ler o livro, mas ler o que há por trás do processo criativo delas me fez buscar, ir atrás e ouvir com “outros ouvidos” (existe isso?). Acho importante principalmente para mulheres envolvida com o rock e outras áreas dominadas majoritariamente por homens. Mulheres no geral, que já tiveram relacionamentos abusivos, que se sentiram inseguras ou que achavam que precisavam de validação masculina em algum ponto.

Kim, Joan Jett, Annie Hall (St Vincent) e Lorde no tributo ao Kurt Cobain, de quem Kimzinha era BFF.

Não sei qual a etiqueta quando se faz resenha do livro que é a biografia de uma artista cujas notícias sobre sua vida íntima saíram em portais, porque não existe spoiler na vida real, mas caso vocês não saibam a Kim foi casada por muitos anos com seu colega de banda Thurston Moore, que foi parceiro no trabalho e na vida até ela descobrir anos de traição e a parada degringolar. Ela fala bastante sobre isso e dá pra ver (não acho que ela tenha feito questão de esconder, na verdade) que ainda está muito triste com a situação toda.

Ela também fala sobre como nunca soube muito bem o que estava fazendo, que tentava se portar de certas maneiras e que nunca acreditou no seu talento. Que achava que deveria estar fazendo outra coisa, da sua paixão por arte. Fala sobre não saber se estava sendo uma boa mãe, achar que não nasceu praquilo e que a vida de casada mais parecia o que ela “deveria estar fazendo” e não o que realmente queria estar fazendo. Enfim, todas aquelas coisas que nós, mulheres simples do dia a dia, também sentimos e passamos.

Eu chorei lendo esse livro. Chorei quando ela percebe os padrões que seguia nos relacionamentos. Chorei quando ela fala sobre se sentir uma intrusa em diversas situações. Quando fala da separação e da traição, e quando fala de Kurt Cobain. Toda essa emoção foi por pura identificação, mesmo. Você imagina qualquer mina sendo insegura e tendo problemas emocionais, mas pô, a Kim Gordon? Pois é.

Lido, aprovado, recomendadíssimo.
Comprei o meu na Amazon por 22 reais.

 

480x360

Playlist: esquenta pro Sónar São Paulo!

Quem me segue no Instagram (segue lá) viu que no fim de semana recebi um kit da Desperados que tinha ingressos pro Sónar! O festival vai trazer, entre outras coisas, Chemical Brothers e Hot Chip esse fim de semana pro Espaço das Américas, em São Paulo.

Screen Shot 2015-11-24 at 10.09.03 PM

Fora esses dois nomes, a maior parte das pessoas não conhece as outras atrações. Por isso, cacei os artistas e montei uma playlist pra você ir ouvindo e não chegar lá no sábado com cara de paisagem!

Ainda tem ingresso disponível! No site do festival você encontra mais informações.

Me segue no Instagram e no Snapchat (magentinha) pra ver o conteúdo que vou postar direto do festival, tá?

lolla2016_1

Playlist: esquenta pro Lolla 2016!

Ontem o Lollapalooza Brasil lançou a venda dos ingressos e o lineup por dia, pra desespero de quem tá na pindaíba (euzinha) e alegria dos ansiosos que enchem as redes sociais do festival pedindo essa info. Saudades do festival! Em 2014 eu trabalhei e vi os shows aqui e no Chile, tirei foto da Ellie Goulding de pertinho e fiquei uma semana com dor na lombar depois.

Por incrível que pareça, foi ótimo mesmo assim. Adoro trabalhar em festival.

 

Pra você que tá ai contando os dias já CALMA MIGO QUE AINDA FALTA BASTANTE! Mas por enquanto você pode ouvir essa playlist aqui feita com amor e carinho.

Não tem tudo porque eu selecionei as bandas que mais quero ver!

E aí, o que você vai querer ver no Lolla 2016?

 

11822455_507117852771370_7005776566002603385_n

Amanhã tem festa Gimme Danger em São Paulo!

Não, dessa vez eu não vou tocar (você fica sabendo das minhas discotecagens pelo meu Instagram e pelo meu snapchat [que é magentinha, segue lá]), mas essa festa é da amiga Débora Cassolatto e merece divulgação porque eu tô botando minhas fichas nela!

11825774_507116866104802_4695558450569419420_n

Quem me segue no snapchat sabe que sábado eu fui na Galeria do Rock atrás de uma camiseta do New York Dolls e o vendedor falou que não tinha saída porque a molecada não ouve mais essa banda. Gente, como assim? Eles são essenciais na história do rock – você precisa pelo menos conhecer uma música pra entender da onde surgiu um monte de bandas que ouve hoje.

Mas, voltando à festa, o tema é DIRTY GLITTER. Vai ter Joan Jett, Velvet Underground, David Bowie, MC5, New York Dolls, e mais um monte de coisa. Também vai ter show da banda maneira Deb And The Mentals e FLASH TATTOO COM TEMAS DE BANDAS. Eu vou mandar uma logo na costela porque como vocês sabem, não estou na vida pra brincadeira, né? Vou fazer o “Take A Walk On The Wild Side” da primeira folha ali.

11722096_507346399415182_2500092998491098697_o

Mas Dani, ainda não entendi qual é o som dessa festa e não conheço nenhuma dessas bandas?

Bom, eu forcei pedi para e Debbie preparar uma playlist pra vocês! Dá o play e começa a pensar no look porque tudo bem ser poser quando se é glam punk, miga.

O evento da festa é esse aqui. Joga um glitter na cara e vai lá dançar com a gente!

Playlist: pra Anne melhorar logo!

Essa semana minha amiga Anne foi internada e operou pra tirar umas pedras da vesícula. Puta parada chata pra caramba, que dói, tem que ficar de repouso… enfim, um saco.

Como adoro ela e sei como ela adora música, preparei uma playlist pra quando ela ficar no tédio e chateada, precisando dar aquela animadinha.

Chateadíssima que não encontrei uma foto minha e dela, mas vai essa com o nosso amigo Luli de acompanhantchy no show da Miley

Pra ouvir a playlist dá o play, maca:

Miga, depois que você melhorar a gente dança todas essas músicas. Amuah :*

Se você tem um amigo doente precisando se animar, manda pra ele também :)

la-roux-hd-wallpaper-light-blue1

Aquecimento: MECA 2015

Eba, o MECA Festival 2015 está chegando!
Quem acompanha o blog há mais tempo lembra que ano passado eu viajei pra acampar por três dias numa chácara onde acontece a edição gaúcha do festival, na cidade de Maquiné (clique aqui pra ler esse post). Foi muito louco e muito legal. Depois que o tempo passa a gente esquece os perrengues e fica com as memórias boas.

388435_253932474661872_1844047551_n

Esse ano o festival no Rio Grande do Sul não teve acampamento – o pessoal que foi de Porto Alegre teve que ir e voltar no mesmo dia, ou ficar numa cidade lá perto. Esse esquema ia sair muito caro e, pra ver as mesmas bandas, optei por ficar aqui em SP mesmo. O festival já aconteceu no fim de semana passado em Maquiné e no Rio de Janeiro, e sábado agora é a vez de São Paulo. Além dos shows, é open bar de cerveja e tem várias outras coisinhas acontecendo, como mini-festas Javali e Red Bull Music Academy, comidinhas e outras coisas!

O lineup conta com bandas como La Roux, Aluna George, Citizens! e Wannabe Jalva. Não conhece nada além da famosa I’m Not Your Toy? Preparei uma playlist no Spotify (clique aqui se você não consegue ver o player abaixo) pra você já ir se animando e conhecer melhor os artistas!

Quem aí estará lá?

 

againstme_web-3288

O melhor show da minha vida

Já mencionei esse show aqui algumas vezes, falando da viagem pra NY ou das melhores coisas do ano, mas não contei exatamente como foi. E foi uma história tão bizarra, que eu quero muito contar!

Alguns de vocês já sabem que sou super fã do Against Me!, uma banda punk da Flórida formada no fim dos anos noventa. Ouço eles bastante há pelo menos uns dez anos e não tinha nenhuma esperança de vê-los ao vivo. A banda só ficou mais famosa aqui no brasil depois que a vocalista, Laura Jane Grace, se assumiu como transgênero (antes ela era Thomas Gabel). Laura é um exemplo por muitos motivos. Ela já era casada com uma mulher e tinha um filho, e vinha lutando internamente com isso sozinha até decidir se assumir. Toda a história é muito bonita.
Além disso, a música é muito legal. Das mais antigas, minhas favorita são Sink, Florida, Sink e Pints Of Guiness Make You Strong. O disco lançado há um ano atrás conta muito do processo de Laura virando transgênero, se chama Transgender Dysphoria Blues e você pode ouvir dando o play aí em cima.

Enfim, vamos à história – que é longa, mas divertida! 

capa

Banda nova: Jéf

Eu conheci o Jéf há uns anos, por pessoas em comum, quando ele veio tocar em São Paulo com uma outra banda. Ele é um querido e acabamos continuando o papo pela internet da vida. Fiquei muito feliz quando recebi, alguns meses atrás, o álbum de estreia desse menino que saiu lá do interior do Rio Grande do Sul e vocês ainda vão ouvir falar muito!

Quem me conhece sabe que eu raramente posto banda de amigos por aqui, mas quando recomendo é porque curti demais.

Foto3

Leve, álbum de estreia do Jéf, é um indie folk que vai reconquistar até quem já desistiu do gênero porque cansou de bandas com mil integrantes tocando pandeiro meia lua. O som é daqueles que faz um carinho no coração, pra ouvir agarradinho no amor ou curtindo aquela fossa – mas não no mau sentido! É uma delícia de ouvir! Minhas favoritas são Paixãozinha Demodê e Leve, que dá nome ao disco.

capa

E o projeto gráfico também é algo! Seria demais se um dia alguém bancasse a prensagem de um LP, porque esse aí é de colecionador. Perguntei pro Jéf como foi a criação desse conceito visual: “O projeto gráfico foi produzido pelo artista gráfico Leo Lage e o fotógrafo Gabriel Not, ambos de Porto Alegre. Foi trabalhado o conceito “leve” do disco, com algo meio denso também. Assim como é o disco, nem tão alegre, nem tão triste. O pó colorido simboliza a festa Hori, que celebra o fim do inverno, chegada da primavera. Leve é isso.”

Você pode ouvir o disco por streaming, baixar gratuitamente ou comprar e ajudar o menino a conquistar o mundo.

Facebook | Site | Soundcloud

 Pra ouvir se você gosta de: Apanhador Só, Cícero, Los Hermanos

Esquenta Miley: playlist pra animar.

O show da Miley é sexta! Vocês vão? Estão ansiosos?

Eu cheguei de viagem esses dias e ainda não consegui voltar direito pro blog, mas enquanto desarrumo malas e encho cinquenta mil vezes a máquina de lavar (além de editar os vídeos da viagem pra mostrar pra vocês),  já estou aqui pensando em que roupa usar, em como vai ser, e louca pra ver todos os cenários e looks da cantora ao vivo.

Playlist_EsquentaMiley

Pra ir empolgando, só dar play e se controlar pra não sair dançando enquanto está no trabalho ou na aula (ei, o que você tá fazendo ouvindo música na aula? Deixa pro intervalo, gente!). Tem músicas dela que eu adoro, e também participações da cantora em músicas de outros artistas – e até do pai dela!

Os ingressos ainda estão à venda! Não vai deixar pra última hora e enfrentar uma filona lá na hora, hein? Corre aqui no site, mas fica esperto: não dá mais pra retirar na bilheteria. Agora você compra, imprime em casa e leva na hora.

Vejo vocês lá!

123