Instagram

Follow Me!

Um ano no país das maravilhas.

Um ano atrás, eu peguei o trem lotado e saí correndo no meio da Avenida Paulista, briguei com a recepcionista que demorou pra entregar meu crachá e corri pra frente de um vidro. Fiquei lá, esperando ela chegar. Enorme, cabeluda, Alice veio ao mundo.

Depois que ela nasceu, nada foi igual. Às vezes fico muito tempo sem vê-la, por coisas da vida, mas não tem um dia que eu não pense nela. Fico vendo fotos e vídeos, ouvindo a risadinha. Agora, aos poucos, ela aprende a falar. Já anda direitinho – às vezes cambaleante, mas não cai. Fala “ó”, “esse”, “aqui” e aprendeu a falar o nome da gata antes de mamãe e papai. Outro dia, sentou do meu lado e suspirou. “Ai ai”. Coisinhas tão pequenas, vindas de uma coisinha tão pequena.

Eu não sabia que era possível sentir tanto amor por uma pessoinha. E ela cresce tão rápido… Se ser tia é essa dádiva, imagina quando eu for mãe? Acho que vou explodir de amor.

Hoje a pequena faz um ano. Amanhã tem festinha pra me empanturrar de brigadeiro e bolo. E colocar a cara na barriguinha dela pra ver ela sorrir com covinhas e fazer meu coração ficar quentinho.

:) Feliz aniversário, Alice. Obrigada por me levar ao país das maravilhas.