Instagram

Follow Me!

  • Home
  • /
  • Tag Archives:  série
il_570xn-1048601854_n03s

10 coisas com tema Stranger Things pra querer JÁ!

Quando eu falei de Stranger Things aqui eu ainda estava impressionada pela série. Meses depois, todo mundo ainda fala nisso todos os dias! Rolou até discussão sobre a série ter sido criada para atender o algoritmo do Netflix e ser sucesso certo, o que fez algumas pessoas ficarem meio chateadas e se sentindo enganadas. Eu achei mara. Tem mais é que fazer conteúdo que eu vá gostar, mesmo! Fabricado ou não, mandaram bem. Agora só torço para que a segunda temporada não deixe a desejar e supere nossas expectativas ainda mais.

Mas aí, o que todo grande sucesso da cultura pop acompanha? Uma onda de consumismo louca. Porque a gente não consegue controlar os dedinhos e o cartão de crédito com todas as coisas incríveis que surgem com a série. Vide Star Wars – tem até vibrador de Darth Vader. Juro.

Mas vamos ao que interessa: tem camiseta, pin, patch, capinha de celular… Dá uma olhada:

strangerthingsmm1
Camiseta Bagulhos Sinistros
 // Camiseta, por Felipe FR // Camiseta Stranger ThingsNey //

 

strangerthingsmm2 Folha de flash de tatuagens temáticas // Poster

 

strangerthingsmm3 Vestido igual ao da Eleven // Patch “Welcome to the Upside Down” // Pin da Barb

 

strangerthingsmm4Patch Hawkings Monster Hunting Club // Capa de iPhone

 

Eu também vi muitos posts de ideias de como decorar sua casa pro Halloween com tema da série. Quero. Já pode ser Dia das Bruxas o ano todo?

stranger-things-banner-600x300

Todo mundo está viciado em Stranger Things

Sexta-feira, enquanto eu esperava o boy se arrumar pra irmos ao cinema ver Ghostbusters (sim, vai ter post sobre isso também), comecei a ver uma série que o Netflix me sugeriu chamada Stranger Things. Obcecada pelo primeiro episódio, ao voltar do cinema fiz o Rafa assistir também. E aí vimos mais um. E no sábado passamos o dia chuvoso debaixo do cobertor assistindo a todos os episódios da primeira temporada da série mais legal dos últimos tempos.

strangerthings2

Sense8? OITNB? Game Of Thrones? São todas séries que eu amo e acho muito boas. Mas Stranger Things não precisa de enredo mirabolante e efeitos especiais de milhões de dólares pra tocar o coração de quem nasceu ou cresceu nos anos 80, e teve a infância recheada de filmes na sessão da tarde (não existia nem tv a cabo naquela época, gente).

A série conta a história de um menino que desaparece misteriosamente e muitas coisas estranhas começam a se desdobrar a partir disso. Seus melhores amigos resolvem investigar por conta própria, enquanto a mãe do menino jura que ele ainda está vivo. E a partir daí, uma série de referências aos filmes e séries que alimentavam nossa imaginação nos anos 80 começa a surgir, inclusive na trilha sonora – quem me conhece sabe o quanto eu amo o new wave e o punk dos anos 80 e a trilha está cheia de joy division e clash.

Além do mais, saca esse poster:

stranger_things

Enredo bem resolvido, personagens bem construídos que crescem maravilhosamente ao longo da trama, fotografia incrível, trilha sonora massa e tudo aquilo que toca nosso coraçãozinho: temos. Winona Ryder como a mãe do garoto desaparecido, omis falando que ela enlouqueceu quando estava certa o tempo todo, amizades incríveis entre crianças com roupas maravilhosas e universos alternativos: cerejas no bolo!

O site AdoroCinema postou os oito primeiros minutos do primeiro episódio legendado. Assiste aí:

Eu aproveitei e fiz uma playlist no meu Spotify com as músicas que tocam nos episódios. Faltou uma ou duas que a plataforma não tem, mas a maioria tá aí:

Pode desmarcar seus compromissos e assista os oito episódios que já estão na Netflix. A segunda temporada foi confirmada. Pode ser pra semana que vem?

Sense8

5 motivos pra assistir Sense8 agora!

Uns dois fins de semana atras eu devorei Sense8, uma série que estreou este mês na Netflix. Em partes porque queria ver tudo logo pra participar do podcast do GeekVox (se você já assistiu a primeira temporada, ouça o podcast aqui!) e em partes porque quando cheguei no quinto episódio eu não consegui parar. Eu literalmente tomei banho vendo um episódio pra não me atrasar pra aula de direção e não precisar parar de assistí-lo no meio.

Acho que não ficava obcecada por uma série assim desde Lost. Talvez a presença do Sayid ali tenha despertado memódias Lostianas em mim.

Mas vamos à série. Se você ainda não sabe (tá vivendo numa caverna), ela é uma série criada pelos Wachowski (os irmãos Luna e Andy, criadores de Matrix) que conta a história de oito pessoas ao redor do mundo que estão conectadas mentalmente e começam a ser caçadas por uma organização. Quando eu li a sinopse achei meio nada a ver. Quando vi o trailer fiquei um pouco mais interessada. Quando vi os primeiros capítulos, achei que demora pra engrenar. Mas aguente firme! Assista até, pelo menos, o sexto episódio antes de desistir da série: são muitos personagens que você precisa conhecer antes da ação começar.

Quando você chegar no sexto episódio, reserve mais seis horas da sua vida pra assistir os seis episódios restantes sem parar nem pra fazer xixi.

Sense8-620x400

Se isso tudo não foi o suficiente, fica aqui uma listinha de cinco motivos pra você largar tudo o que está fazendo, seu emprego, amor, esquecer de pegar as quiança na escola, ficar dois dias sem tomar banho e começar a ver Sense8 agora:

1) A série trata a sexualidade de forma muito natural. Há um casal gay e um casal de lésbico, em que uma das mulheres é trans – o que abre os olhos de muita gente sobre a diferença entre orientação sexual e gênero. Além disso, os sensates em nenhum momento tem estranheza em relação a orientação sexual do outro e isso é maravilhoso. Vamos lembrar que Lana Wachowski, uma das criadoras da série, é trans (e a atriz que faz a personagem trans também é! Viva a visibilidade!)!

2) Está cheia de minas fodas e eu amo quando a série tem personagens femininas incríveis. Em Sense8, temos a indiana que fez faculdade e se formou cientista, diferente de muitas de seu país. Também tem Sun, que sofre com a sociedade machista da Coréia, mas é uma lutadora de primeira e não desiste de seus objetivos. Amanita, a namorada de Nomi (a personagem trans), também é incrível – quase uma sensate por consideração.

3) A série é visualmente incrível e mostra a beleza de lugares completamente diferentes do mundo, da gélida Islândia ao quatro de julho sendo comemorado em Chicago. Parada gay em São Francisco, sol se pondo na Cidade do México. A fotografia é maravilhosa e deve ter dado um trabalho do cão.

4) Todo mundo ama conspirações e a do enredo de Sense8 vai te deixar pensando muito, criando novas teorias a cada minuto e fazendo seus amigos assistirem a série completa pra que vocês possam conversar sobre isso.

5) Você precisa assistir tudo pra poder ouvir o podcast que eu gravei com o GeekVox porque foi engraçado demais, mas tá cheio de spoilers! Como falei no meu Twitter, eu ri tanto que valeu por todas as abdominais da semana (que eu não faço e deveria fazer). Foi engraçadíssimo e os meninos são demais. Falamos sobre meditação, transfobia, feminismo, diferenças culturais e um monte de coisas. Corre lá pra ouvir!

E aí, já assistiu? O que vocês estão achando?

skins1

O curto retorno de Skins

Quando Skins teoricamente tinha acabado de vez – com promessa de filme e o caramba a quatro – eu fiquei super triste. As últimas temporadas não eram a mesma coisa, mas mesmo assim, eu acabava me apegando aos personagens. Fiquei sabendo de uma sétima temporada que traria personagens antigos de volta e quase surtei de alegria!

skins1

Pra quem não conhecia antes, a serie acompanha a vida de um grupo de adolescentes britânicos. É bem pesada. Cada grupo ‘durou’ em média duas temporadas. A sétima conta o que aconteceu com três personagens: Cassie, Effy e Cook.

Skins Series 7 estreou no dia primeiro de julho no E4. Assisti os três primeiros episódios e já chorei pra caramba. Não vou liberar os spoilers aqui, mas procurem no torrent! Se vocês curtiam como eu, vão ficar em choque.

Os seis episódios da temporada são divididos em três histórias (com dois episódios cada uma). ‘Fire’ conta a história de Effy, ‘Pure’ conta a história de Cassie e ‘Rise’ conta a história de Cook. Acho que não estou preparada psicologicamente pra ver o que vai acontecer com o Cook… tenho até medo! Hahaha.

skins3

Enfim, vai deixar um gostinho de despedida. Queria muito encontrar um box com todas as temporadas anteriores de Skins! Alguém sabe onde pode ter?

 

Bates-Motel-Poster

Nova série: Bates Motel

Ok, não é tão nova assim. Hoje passa nos Estados Unidos o décimo episódio – e último da primeira temporada. Mas acho que ainda tá em tempo de dar a dica!

Bates-Motel-Poster

Se você já assistiu ao clássico de Hitchcock, Psicose, conhece bem a história. O filme conta a história de uma secretária que fica hospedada num motel bizarro, cujo dono – Norman Bates – é mais bizarro ainda. Já a série, Bates Motel, conta a história da família Bates quando Norman ainda era adolescente. Se você já assistiu o filme, entende porque a figura da mãe é tão importante. Mas não quero dar spoilers, então vai logo assistir esse clássico que tem até no Netflix.

Após a morte de seu marido, Norma Bates compra um motel de beira de estrada numa pequena cidade e se muda pra recomeçar a vida com seu filho Norman – um moleque mega estranho e nada popular. O problema de controle de Norma sobre seu filho é um dos principais motivos pro desenvolvimento de sua psicose. É uma família cheia de gente louca.

223459-bates-motel-bates-m copy

Os atores são ótimos, e por mais que não seja  uma série de terror eu fico morrendo de medo. É um suspense muito bem contado, com um bom timing. Vi algumas pessoas reclamando no twitter que a série parece ser antiga, mas aparece um iPhone em dado momento. Nunca tive essa impressão: é uma cidade pequena do interior dos EUA, e talvez por isso alguns costumes e roupas sejam um pouco mais antiquados. Norman gosta de assistir filmes em preto e branco, mas em um certo episódio ele diz que gosta de filmes antigos. A série é passada, sim, nos tempos de hoje. Claramente, a história da família Bates foi adaptada, mas não perdeu sua loucura. Afinal, é uma série baseada nos personagens, e não precisa nem deve seguir à risca o plot original do filme :)

Bates-Motel-THR-27nov2012-03

Uma coisa que percebi, talvez por ter assistido todos os episódios de uma vez, é que os personagens foram se encontrando ao longo da temporada. Norman era meio bobão e até falava de um jeito engraçado no primeiro episódio, mas depois ficou um pouco mais normal. A mãe era uma louca meio caricata e ficou uma louca mais real – morro de medo dela. Pra mim um dos melhores personagens é o irmão de Norman, Dylan, que além de tudo é muito bonitinho. Ele é um rebelde sem causa, mas mesmo assim o único com discernimento na história…

Bates-Motel-THR-27nov2012-06

Bates Motel passa nos EUA no canal A&E. Eu tenho baixado pelo torrent e acabei assistindo nove episódios em um fim de semana. Ah, e boa notícia: a série foi renovada pra mais uma temporada, pelo menos :D

catfish1

Nova série: Catfish

Mais uma série nova da MTV!

Catfish – A Série é um reality baseado num documentário muito legal, de 2011. O documentário de mesmo nome conta a história de Nev Schulmann, um fotógrafo que começa a receber  pinturas baseadas em suas fotos publicadas num jornal. As pinturas são supostamente feitas por uma criancinha, e ele começa uma amizade por e-mail com essa menina. O irmão de Nev é cinegrafista e começa a documentar essa amizade. Logo, a amizade se extende à sua família, em especial à irmã da garota. Eles começam um relacionamento virtual, trocam mensagens, falam por telefone, mas nunca falam por webcam ou se conhecem ao vivo. Depois de descobrir algumas mentiras, Nev resolve ir encontrá-la pessoalmente e descobre que, na verdade, tudo não passa de uma grande invenção. Uma dona de casa de 40 anos cria vários personagens. Enfim, tudo muito tenso. Pode baixar o documentário que é bizarro! (e não vai fazer diferença eu ter contado o final, já que ele conta um resuminho na abertura da série mesmo haha)

catfish_teaser1

Anos depois, Nev e seu amigo Max começam a investigar romances virtuais e fazer com que os casais se encontrem. Isso é Catfish – A Série! É muito legal, e você vê cada absurdo… Fora que o Nev é um fofo e você fica super apaixonadinha por ele. Mas agora ele desistiu dos namoros virtuais e tá num caso seríssimo com uma menina de uma banda (a música até passa em um dos episódios, pelo que ele disse no Facebook. Sim, eu stalkeei a esse ponto!)
catfish1

A série estreia na MTV Brasil na segunda-feira, dia 11 de março, às 22h. Vai ao ar todas as segundas-feiras com algumas reprises durante a semana :) Não tem desculpa pra perder.

Mais informações no site da série!

 

Girl Crush: Lena Dunham

Lena Dunhan é a definição perfeita daquele tipo de Girl Crush Aspiracional, sabe como é?

lena1

A menina não é bonita, não é convencional, mas ela é tão demais que todas nós queremos ser ela. Ou, no mínimo, ser amiga dela. Sou apaixonada pela Lena Dunham, acho ela genial! Muito engraçada e super inteligente.

lena5

Se você não faz idéia de quem estou falando, Lena é a garota da semana! Ela é a criadora e uma das atrizes principais da série que virou a queridinha cult da temporada, Girls, que teve a estreia de sua segunda temporada nessa semana. E foi por esse trabalho que ela levou dois Globo de Ouro e mandou uns discursos muito fofos.

Lena é uma inspiração porque se você foi uma pessoa estranha durante a época de colégio como eu fui você sente que há esperanças ;P A fofa é tão a queridinha dos EUA ultimamente que foi fotografada por Terry Richardson, capa da Interview e estampou o catálogo da Asos!

lena2 lena3 lena4  1BF8FB21

Vocês assistem Girls? Eu amo!

 

 

 

Série nova: GIRLS.

Faço parte de um grupo de Facebook e muitos meses atrás vi o trailer, que me deixou morrendo de vontade de ver.

A série fala sobre uma menina de vinte e poucos anos que se formou e não arrumou um emprego decente, quer ser escritora em NY mas os pais cortaram toda a verba de ajuda. Ou seja: a história real que acontece com várias meninas de classe média que se ferram quando papis e mamis resolvem acabar com a alegria.

Aí quando os pais dela cortam a grana, ela resolve pedir pra ser contratada no estágio e é demitida. Além de tudo, o cara com quem ela fica às vezes é um grande idiota. Enfim, a vida normal de garotas estranhas como eu e você.

Achei que a série tem potencial, por isso assistam pelo menos o primeiro episódio. Tem carinha de filme indie, uma trilha sonora legal (mas nada comparado à Skins, claro) e um roteiro com o qual a gente super se identifica. A série já começou a passar na HBO dos Estados Unidos, acho que ainda não tem previsão pra passar por aqui (mas nada que um torrent não resolva).

A personagem principal é interpretada por Lena Dunham, que além de tudo é a roteirista da série!

Vocês já assistiram?

Duas séries novas e fofas: New Girl e 2 Broke Girls

Estas últimas semanas adicionei algumas séries ao meu vicio repertório! Episódios curtos e leves pra dar umas risadas e esquecer da vida, justamente o que a gente precisa naqueles domingos de tédio. Estou falando de New Girl e 2 Broke Girls.

A tão esperada New Girl causou um frisson por ter em seu papel principal a namoradinha da américa/musa indie Zooey Deschanel. Ela interpreta Jess, que depois de pegar seu namorado com outra se muda para a casa de três caras que vão ajudá-la a seguir em frente. A personagem é meio doida e tem a mania de fazer músicas sobre si mesma. Eu rolei de rir assistindo, é muito boa e fofa! Promete agradar até mesmo os namorados mais chatos.

2 Broke Girls conta a história de duas garçonetes – Max, uma garota independente que mora no Brooklyn e trabalha lá pra se sustentar e Caroline, ex-patricinha riquíssima cuja família perdeu tudo e teve que ir embora ‘pra vida’ só com o que pôde pegar. As duas viram amigas e resolvem juntar dinheiro pra abrir uma cupcakeria.

Uma das atrizes é Kat Dennings, vocês devem lembrar caso já tenham assistido Uma Noite de Amor e Música (Nick & Norah’s Infinite Playlist). Adoro essa atriz, ela é muito engraçada.

Vocês estão assistindo essas séries? Tem outras dicas de séries gostosinhas? Deixem aí nos comentários!