Instagram

Follow Me!

  • Home
  • /
  • Tag Archives:  saúde
_tech_gyltjw

Um botão pra acabar com a cólica

Eu falei no meu vídeo sobre coletor menstrual (que postei essa semana, vai lá assistir) que eu tenho uma relação m uito difícil com minha menstruação. Eu fico muito inchada e tenho uma cólica muito forte. Sempre foi assim e já fiz vários exames pra saber se tinha algum problema como endometriose, mas não é o caso.

Também não gosto de tomar remédios. Pra mim, a alopatia acaba gerando outras necessidades que te fazem tomar cada vez mais remédios. Confesso que tem momentos que só o Buscofem salva, mas eu tenho todos os pés atrás com a industria farmaceutica. Pra mim, o que ajuda mesmo, de forma que eu me sinta confortável, é uma boa bolsa de àgua quente, deitar em posição fetal e tomar um chá quentinho.

Aí hoje apareceu pra mim o Livia, um projeto que está no indieagogo. É um dispositivo que promete ser um botão de DESLIGA na cólica: ele transmite um pulso que “confunde” seu cérebro, mantendo seus nervos ocupados de forma que ele não consiga processar a dor.

Você coloca as placas no local que dói e liga o dispositivo. Pronto. O pacote mais barato (que contém o produto, existem outras formas de contribuir apenas para que o projeto aconteça) para contribuir com o projeto custa 85 dólares e vem com um kit como este:

_box-05_ssxxrw

Além disso, eles entregam no mundo todo e você pode comprar kits mais completos, como o Sister Package (que vem com dois dispositivos para você presentear alguém) ou kits com mais cases – tem em diversas cores!

Tem reviews bem legais no TheNextWeb e no DigitalTrends.
Eu provavelmente não vou poder comprar agora, mas eu acredito que essa invenção pode mudar a vida de muitas mulheres como eu. Vai lá na página do projeto pra saber mais.

5DicasAnsiedade

5 dicas para combater a ansiedade

Algumas semanas atrás eu falei aqui sobre viver com o transtorno de ansiedade e não esperava a quantidade de respostas que recebi, não só nos comentários mas também por mensagens e e-mails. É inacreditável a quantidade de pessoas que vivem com esse tipo de problema e se sentem sozinhas porque acham que ninguém vai compreender.

Quando comecei a perceber que o que eu tinha eram crises de ansiedade eu fiz o que todo mundo acaba fazendo que é PROCURAR NO GOOGLE. Nem sempre isso é bom, porque muita gente acaba se medicando e pulando a parte mais importante que é procurar ajuda de um psiquiatra E de um psicólogo (já falei antes que acredito que um acompanhamento com psicólogo é tão ou mais importante que os remédios, não caia na onda de só tomar remédio a vida toda e não fazer terapia). Mas eu também encontrei relatos de outras pessoas que passavam por coisas parecidas. Como eu não gosto de remédios e prefiro tratamentos naturais e homeopáticos sempre que for possível, minhas buscas eram mais seguras pois eu queria soluções que me ajudassem a controlar as

O que eu aprendi me ajudou muito, e venho ensinar pra vocês cinco dicas para controlar as crises de ansiedade e o estado ansioso no dia a dia!

1) Arrumar o quarto
Sim, um ambiente arrumado ajuda muito. Quando você está vivendo na bagunça e na sujeira, a ansiedade parece que piora. Sei que quando não estamos bem é mais difícil ter energia pra arrumar as coisas, mas eu sinto um prazer enorme em ver tudo limpinho depois. É como se a energia voltasse a fluir! Fora que é ótimo poder ver o chão do meu quarto novamente.

2) Exercícios de respiração
A maior parte das minhas crises de ansiedade acontecem em dois momentos: quando tenho algum evento social (como sair para um lugar em que precisarei socializar, ou um lugar com muita gente) e antes de dormir, que é quando todas as coisas do seu dia aparecem novamente na sua cabeça. O que mais ajuda nesses momentos é aquela velha dica: respire fundo. Tem dois exercícios de respiração que funcionam muito bem pra mim: quando eu estou em algum lugar público ou preciso sair em breve, eu tento focar na minha respiração, colocando as mãos no abdome e sentindo meu diafragma expandir e minha barriga levantar e abaixar, sempre lentamente (o processo de inspiração e expiração tem que durar mais ou menos uns quinze segundos). A respiração abdominal é muito mais relaxante pra mim (é quando você manda o ar “pra barriga” e não “pro peito”, sabe?). Antes de dormir, eu uso a técnica do 4-7-8: inspire em 4 tempos, segure por 7 tempos, solte em 8 tempos. Faça isso algumas vezes, relaxando seu corpo e concentrando-se na contagem dos segundos. Não me lembro de fazer mais que quatro ou cinco vezes e já estou capotada.

3) Bebidas quentes e um ambiente gostoso
Bebidas quentes e ambientes com velas e incensos sempre me ajudam. Mas atenção: evite chás com cafeína e café, porque ao invés de te ajudar a relaxar, podem te deixar ainda mais acelerado e ansioso. Se você tem crises de ansiedade antes de dormir, corte a cafeína ainda de tarde pra começar a preparar seu corpo pro relaxamento. Eu gosto muito dos chás de frutas como maçã e morango, e também de camomila e valeriana.

4) Um hobby que distraia sua mente
Muita gente fala mal daqueles livros de colorir, mas eles funcionam porque tiram sua mente dos problemas e te distraem. Fora que colorir é legal pra caramba. Não tenha vergonha de comprar um, ou imprimir desenhos da internet, mesmo. Se não é muito sua praia, encontre um outro hobby como manter um diário, bordar, estudar algum assunto, ler… Pra quem gosta de escrever, existem alguns livros de temas pra você ir escrevendo aleatoriamente , como o 642 Ideas To Write About.

5) Uma lista de músicas, filmes e séries felizes
Alguns tópicos nos deixam mais ansiosos do que outros, então é sempre bom ter à mão uma lista de músicas ou séries que você pode assistir com a certeza de que vai ser leve e alegre. Eu gosto de assistir séries de comédia e desenhos como Adventure Time e The Office, minhas favoritas do momento.

Além disso, ter uma alimentação leve e fazer exercícios sempre ajuda muito, mas esse é um processo a longo prazo. Comecei a fazer aulas de pole dance (mais sobre isso em breve!) há pouco tempo, mas já percebi que nos dias de aula eu durmo muito melhor.

Quero lembrar que isso é o que funciona pra mim. Cada pessoa tem seus rituais e algumas coisas funcionam melhor pra mim, não funcionam pra você, etc, etc.

E aí, tem alguma dica que você acha que faltou aqui? Deixe nos comentários!

Coletor menstrual, a melhor invenção dos últimos tempos

Vocês sabem que eu não dou a mínima pra tabu, e menstruação ser um deles é o maior absurdo que existe. Toda (ou quase) mulher menstrua a maior parte da vida. Quem inventou que é algo nojento? Isso mesmo, os homens, que querem que a gente seja um ser depilado, limpo, imaculado e sem cheiro. Migos, chego aqui pra vos dizer: NOT GONNA HAPPEN! A gente sangra, tem cheiros estranhos, solta pum, faz cocô… igualzinho vocês.

COLETOR3

A menstruação é algo super normal, e aqui vai a explicação didática nível “Foi Assim Que Mamis Me Ensinou”: quando você está ovulando, seu corpo prepara uma ~caminha~ pro bebê. Aí você não engravida e essa caminha precisa esvaziar – isso é a menstruação! O sangue é super limpo e SEM CHEIRO – ele só fica com aquele cheiro estranho quando fica em contato com o ar.

Coletor2

Eu sempre achei que tinha o ciclo super intenso, e odiava ficar menstruada. Não consigo ir naquela onda de que temos que amar todas as etapas de ser mulher. Minha menstruação é o maior sofrimento, eu tenho uma TPM horrível que me deixa debilitada, sem conseguir andar e conviver com outras pessoas, e eu sangrava muito e por muitos dias. Pra piorar, eu não consigo usar absorvente interno e o externo às vezes me dá uma espécie de alergia na pele. É uma alergia de contato, muito comum, mas como a gente não pode passar hipoglós e ficar com as pernas abertas pra cima e tem que trabalhar, estudar, etc, acaba se tornando muito incômodo.

Coletor1

Ano passado eu recebi um Holy Cup pra testar, que é um coletor menstrual de formato super maleável. Antes dele, eu tinha tentado uma outra marca chamada InCiclo com o qual eu não me adaptei pois mesmo pegando o tamanho mais indicado (o menor, pra mulheres que não tiveram filhos) eu achei ele muito grande e com o material muito rígido. Achei que incomodou na hora de colocar e tirar. Quando recebi o Holy Cup vi que a diferença era bem nítida – o material é mais macio, ele é mais molinho e menorzinho.

Ah, vale lembrar que esse produto não é um publi. Eu recebi, testei e gostei muito – durante o meu ciclo já mandei mensagem pra várias amigas falando pra elas investirem de tão maravilhada que fiquei! Hahaha.

Fiquei com medo de vazar, porque é muito pequeno, como vocês podem ver nas fotos, e eu sempre acreditei ter o ciclo intenso. Aí que vem a surpresa: com o coletor, você pode ficar até 12 horas – ao contrário do absorvente que deve ser trocado a cada 3 ou 4 horas. Eles sugerem que você tire o coletor pra limpar a cada 6 horas, mas eu estava na rua fazendo mil coisas e esqueci. Acabei ficando as doze horas e o coletor não estava nem na metade. Lavei na pia e coloquei de novo! Simples assim.

Não precisa ter nojo pois é algo que sai do seu corpo e não tem nenhum cheiro. No fim do ciclo, é só ferver por cinco minutos e ele está pronto pra ser reutilizado. Alguns modelos duram até três anos… Ou seja, em vez de comprar absorvente todo mês, você ferve o seu coletor e usa de novo. É MUITO MENOS LIXO sendo descartado e muito menos coisa acumulando no seu banheiro.

Além disso, é muito confortável. Nas primeiras vezes você precisa aprender a colocar, e é fácil, mas quando pega o jeito você não sente nada. Nos primeiros dias usei um protetor de calcinha achando que ia vazar, e é até bom fazer isso enquanto você está aprendendo como colocar… mas não vazou!

Lá nos EUA métodos alternativos de higiene feminina como coletores   menstruais são vendidos em farmácias, normalmente. Aqui, infelizmente ainda não é tão simples encontrar, mas você pode comprar pelo site do Holy Cup, . Custa R$77 e vem em diferentes cores e tamanhos.

 

 

Mulheres Semeiam Vida

Semana passada fui com algumas blogueiras em um evento da ABPTGIC (Associação Brasileira de Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia) em que foi divulgada a campanha Mulheres Semeiam Vida, pra alertar mulheres para a prevenção do câncer de colo de útero.

mulheressemeiam

Eu achei super importante e fiquei feliz quando me convidaram. Tenho muitos casos de câncer na família e também tenho ovário policístico, e por isso faço meus exames constantemente! Mas algumas mulheres simplesmente não vão ao ginecologista se não acharem que estão doentes – e ás vezes, nem assim.

E gente, isso é super importante! A gente tem que cuidar de si e não é só indo na academia, tendo uma dieta ok, cabendo no vestido novo. Tem que fazer todos os exames pra ver se está tudo bem pelo menos uma vez ao ano.

Você sabia que a cada dois minutos, uma mulher morre desse tipo de câncer no mundo? E que são quase DEZOITO MIL novos casos no Brasil por ano? É muita gente.

Pra espalhar essa campanha e conscientizar a galera, foi criada a campanha Mulheres Semeiam Vida. A cada 25 likes, uma árvore será plantada em homenagem a uma vítima de câncer do colo uterino – foram 4000 só em 2012. Quanto mais gente curtir a página, mais mulheres vão ficar sabendo como se previnir! Então visite a página do Mulheres Semeiam Vida e convidem suas mães, irmãs, tias, filhas, primas e amigas a curtirem também.

Kit fofo pra aquela época do mês

Todo mundo conhece as beautyboxes da vida, né? Você se cadastra, paga uma mensalidade e todo mês recebe uma caixa com algumas amostras de produtos de beleza. Também tem a versão saudável, que te manda alguns produtinhos light, integrais e etc. Nunca comprei uma caixa dessas, mas vi uma que existe na gringa e por essa me interessei muito: é um kit TPM.

The Period Store • Monthly delivery of tampons  pads  and more • How It Works

Pois é! Porque nunca fizeram isso aqui no Brasil? A Period Store foi criada por três amigos de NY. Uma delas se via sempre escondendo os absorventes e se perguntava porque deveria ter vergonha de menstruação. Aliás, isso também me intriga. Tem gente que tem nojo, ou acha que é ‘feio’ falar que está menstruada. Mas toda mulher passa por isso e não é nada errado.

Enfim, quando chega na época em que você deve menstruar (tem um formulário aonde você responde algumas questões pra facilitar que o kit chegue na época certa) te manda um kit com absorventes (e você pode escolher entre internos, ‘cups’, de tecido, descartáveis, esponjas), chá, chocolate, filme, livro e até florais ou produtos pra aromaterapia. É realmente um carinho naqueles dias terríveis que somos obrigadas a passar todo mês.

O blog da loja também é bem bacana e tem um conteúdo legal, tipo esse vídeo criado pela equipe da Sheryl Sandberg.

Tudo muito legal. A peninha é que eles entregam só nos EUA e Canadá.

Alguém cria um desse por aqui? Prometo ser cliente fiel.

à direita, eu em 2011 com 71kg. à esquerda, mês passado, com 63,5kg.

Sobre perder peso e força de vontade.

Eu não sou gorda. Mas não gosto do meu corpo. Cheguei aos 71kg em 2011, perdi vários – não sei muito bem como, na verdade – e hoje tenho 63kg. Sempre pesei 58kg minha vida inteira. Poderia e deveria perder alguns vários quilos, e uns bons centímetros de gordura localizada. O que incomoda não é o corpo dos outros. Meninas gordinhas e maravilhosas brotam na minha timeline o tempo todo. É no espelho que mora meu monstro. Mas eu não mudo.

Meu problema? Força de vontade.

à direita, eu em 2011 com 71kg. à esquerda, mês passado, com 63,5kg.

à esquerda, eu em 2011 com 71kg. à direita, mês passado, com 63,5kg.

Quantas pessoas conseguem admitir que é esse o problema? Muito poucas. A gente tá acostumado a só ficar reclamando e arrumando desculpas pra não fazer nada nunca. “Ah, tenho dificuldade em acordar” e “ah, mas não tenho tempo pra fazer academia”. A desculpa de não ter dinheiro, confesso, é bem real no momento. Mas eu disponho de 1) uma internet cheia de torrents de DVDs de ginástica que um monte de gente usa, tipo o Jillian 30 Day Shred 2) uma bicicleta ergométrica 3) um kinect com jogos de dança que fazem você suar e perder várias calorias. Porque diabos eu não estou fazendo nada? Porque semana após semana eu vou no mercado e compro legumes e salada e a parada acaba estragando na minha geladeira?

Eu não sei. É o tal do auto boicote. É mais fácil olhar no espelho e chorar, ficar infeliz, reclamar que não pode usar um vestido justo porque fica feio no corpo. Eu admiro muito pessoas que superaram isso e hoje tem uma vida saudável. Na quinta-feira fatídica que eu precisei correr muito percebi o quanto me faz falta algum exercício: passei quatro dias com o corpo extremamente dolorido. Claro, não foi só da corrida, mas sim também do stress (com o nervosismo meus músculos devem ter entrado em pane enquanto eu corria).

Eu não suporto o ambiente de academia, então preciso fazer outras coisas que saiam da esteira e dos aparelhos. Gosto muito de natação e sou boa nisso (fui elogiada pelo salva-vidas do Sesc duas vezes :D). Também gosto MUITO de boxe. E dançar é uma grande paixão. Talvez esteja aí a resposta pra todos os meus questionamentos.

O que vocês fazem pra vencer a batalha diária contra o edredom quentinho e ter um estilo de vida mais saudável?

Corrida das Cores está chegando ao Brasil!

Que alegria! Quem precisava de um incentivo pra começar a correr – como se todos os motivos óbvios não fossem o suficiente – agora tem mais um. A Corrida das Cores está chegando ao Brasil!

O evento é uma corrida de 5K em que você corre de branco e em postos específicos recebe um jato de ‘pó mágico‘, pós coloridos que vão tingir sua roupa. Na verdade, a corrida é uma grande festa. Crianças se divertem horrores – todo mundo pode levar os pequenos desde que tenham a partir de sete anos – e adultos também. Essa corrida tem um evento parecido que acontece ao redor do mundo – mas a iniciativa da Corrida das Cores é nacional e nada tem a ver com a Color Run gringa. Mas pra se inspirar a participar, olha o vídeo do evento gringo:

Como uma das minhas metas (voltei pra reeducação alimentar e pra academia, sim) é começar a correr provas, jamais perderia essa!

A corrida vai acontecer em várias cidades do Brasil. A primeira é em Vitória em Outubro e as próximas acontecem ano que vem por outras 14 cidades! Em São Paulo a Corrida das Cores chega no dia 21/04 e eu estarei lá. Essa não é uma ‘filial’ da Color Run gringa, e sim uma ‘versão nacional’.

Pra saber mais, acompanhar as inscrições e ver quando a Corrida das Cores passa pela sua cidade é só ir no site oficial.

 

#MenosDez – começando tudo de novo…

Agora não tem mais desculpa. Passou natal, carnaval, intoxicação alimentar, já voltei pro Roller Derby e comecei a organizar minha rotina. Esses quilos a mais não podem mais estar aqui, e se estão, é por relaxo meu: lembram que ano passado eu estava tomando Herbalife e estava emagrecendo? Pois estagnei, parei de fazer exercícios, voltei a comer besteiras… e, claro, engordei de novo.

Não acho que meu corpo esteja feio, mas é fato que não estou feliz nem me sentindo confortável com ele. E quando isso acontece é hora de mudar. Você pode ser gordinha e se achar incrível, ser magra e se achar horrorosa. Se algo no seu corpo não está certo –  seja peso demais ou a menos – e vocÊ acha que não está saudável, precisa tomar um atitude.

Agora que não tem mais essa pressão de ‘ficar magra pro verão’, estou voltando à dieta e aos exercícios. Ganhei até um frequencímetro Polar do pessoal da Powerade pra me ajudar a controlar os batimentos durante as sessões de Insanity (mais sobre isso num próximo post!). Como recebi vários comentários ótimos da primeira vez que falei sobre emagrecer, resolvi postar aqui minha evolução! Assim eu me sinto mais motivada e não desisto de novo me entregando ao Burger King :~

Minha meta é perder dez quilos. Sim, é muito. Sim, é difícil. Sim, eu vou sofrer. Mas no final vou ficar muito feliz, voltando ao manequim 38 e podendo usar blusas justinhas. Não me importo em ficar acima desse peso caso esteja ganhando massa, mas a gordura precisa ir embora!

Que tal começar comigo?

abertura do espaço +soma, exame de sangue, o que o stress pode fazer com você

sábado foi a abertura do espaço da +soma, lá na vila madalena. foi bem legal, acho legal que surjam espaços assim. achei o lugar em si bonito. é praticamente um galpãozinho abaixo do nível da rua, com o pé direito alto e um mezanino. básico, porém extremamente interessante – são paulo precisa mais de lugares assim, eu tô muito cansada do lugar comum. fica a dica: tá rolando lá a exposição Four Of A Kind, com artes de Flavio Samelo, Sesper, André Pato e Thais Beltrame. vale a pena dar uma olhada. Fica na rua Fidalga, 98.

voltando à programação normal, fatos da minha vida ridícula: desde que entrei na Abril, engordei alguns quilos. alguns bons quilos. alguns oito quilos. Tudo bem que eu era magérrima antes, mas mesmo assim, não faz bem pra autoestima de ninguém né. haha. a boa notícia é: agora eu tenho peito e bunda. a má notícia é que eu tenho gordurinhas em outros lugares também. hahaha.
enfim, fui num endocrinologista hoje que era um FOFO. ele falou que eu não estou nada gorda, só preciso fazer exercício porque ninguém nesse mundo, por mais que esteja magra, pode ficar sem se exercitar. aí as gordurinhas somem dos lugares que não deveriaam estar rapidinho. mesmo assim, ele me passou um exame de sangue. um? eram CINCO AMPOLINHAS, o suficiente pra eu quase desmaiar com a enfermeira. eu sei que tenho uma tatuagem gigante, mas agulha pra mim é de matar. e ver as ampolinhas se enchendo de sangue? ARGH. o mundo começou a girar ao meu redor e eu fui ficando fraca. a fofa da enfermeira colocou um bandaid de dinossaurinhos pra me deixar feliz.

fora isso, eu estou cheia de acne. caralho, esse é um post sobre como eu embaranguei? tenho tendência a exagerar, eu sei. marquei dermato pra essa semana, e quero ver os cremes carésimos de manipulação que ela vai me receitar e resolverão todos os meus problemas. mas o endocrinologista já me adiantou: sua pele é ótima, você está estressada. e só.

como eu faço pra relaxar sem gastar dinheiro? dicas, por favor. acho que tô precisando. detalhe: não vale chocolate nem namorado, já que rola uma dieta leve e uma solteirice pesada. ;)