Instagram

Follow Me!

  • Home
  • /
  • Tag Archives:  animais
Bowie_Patinhas

Ajude nossos amigos de patinhas! =^.^=

A gente já tá no meio de novembro e eu ainda não fiz o post de outubro do Rotaroots, especial mês da proteção animal! Mas nunca é tarde pra ajudar um amigo de patinhas, né?
Acho que já contei aqui a história dos meus bichinhos, mas vou contar de novo rapidinho porque faz muito tempo!

Em 2004 eu adotei o Pipo. Depois que mudei pra São Paulo (em 2002) meu pai não queria ter outro bicho, ele não gostava muito de gatos, então meu namorado da época me ajudou a enfiar o gato lá em casa e minha mãe acobertou até o dia que não deu mais pra esconder. O Pipo é um gato vaquinha que tinha apanhado quando recém-nascido, e ficou debaixo da minha cama por dias antes de começar a querer andar pela casa. Meu pai, com o tempo, foi aprendendo a amar o bichinho e hoje em dia eles são super grudados, vêem televisão juntos e roncam igualzinho.

O Pipo ficou com meus pais quando eu saí de casa e fui morar com um ex, que dizia ter alergia a gatos. Adotamos um cachorro, o Mika, que eu morro de saudades… mas ele era super hiperativo e a gente não conseguia dar a atenção que ele merecia, ainda mais morando em apartamento, então arrumei uma casa maravilhosa pro Mika morar com uma mamãe que pudesse dar todo o carinho possível que ele demandava.

Eu fiquei deprê com isso e me sentia muito sozinha, então acabei pegando um gato (e no fim a história da alergia era furada). O Bowie é um ruivão peste que chegou causando desde o primeiro dia. Como ele ficava muito carente, um tempo depois chegou também o Jagger, e eles viraram amigos instantaneamente.

Eles são super grudados e muito apegados a mim. Quando eu estou triste, eles me fazem companhia, ficam me fazendo carinho e dando lambidinhas no meu rosto.

Eu não sei explicar o amor que sinto por esses bichinhos, e não saberia dizer como é lindo o amor que eles sentem por mim também. Como eu disse outro dia no meu Instagram, quem diz que gato é um bicho egoísta e infiel, está falando de si mesmo. São seres cheios de amor e muito companheiros :) Sempre que estou gravando vídeos eles estão ao redor ou no meu colo, vira e mexe rola uma participação especial!

Bowie_Patinhas

Tudo isso pra contar como é importante que esses seres incríveis tenham um lar. Muitos ainda estão em abrigos, principalmente depois de adultos. Todo mundo quer o filhotinho fofinho, mas os adultos também precisam de amor! O Rotaroots fez uma parceria muito legal com a Max da Total Alimentos: além de doar UMA TONELADA de ração para a ABEAC ONG, uma ONG de proteção animal aqui de SP responsável pelo bem estar de cerca de 1100 cães e que sobrevive de doações, nós podemos ultrapassar essa quantidade fazendo doações!

Você pode doar a partir de R$6 pelo link da ONG no programa Max em Ação. A cada doação feita, a Max acrescenta mais 50% em cima.

Legal, né?

Vamos doar e ajudar esses bichinhos a terem uma vidinha digna! Muitos deles foram abandonados ou sofreram maus tratos, e podem ser felizes com a nossa ajuda ou adoção :)

patinhas_ipad12

Pra saber mais sobre o projeto, vá no blog do Rotaroots que tem um post explicando de onde surgiu tudo isso!

Diário do Mika: a adoção e a primeira semana em casa.

Quem me acompanha no Facebook, twitter e instagram com certeza já viu que lá em casa temos um novo ilustre morador: é o Mika, nosso vira lata filhote! Adotamos o pequeno furacão em uma ONG chamada Amor Aos Animais, que encontrei por acaso na internet e resolvi mandar email. O filhote que eu queria adotar ficaria de porte grande, então ela mandou fotos dessa ninhada que estava terminando o desmame e foi amor à primeira vista.

Primeira foto do Mika comigo!

Ele é todo branquinho, pequeno, e tem o típico comportamento de filhote: gosta de brincar de morder, dormir no colo, faz cocô e xixi na casa toda. Mika também é muito sociável, fica amigo de qualquer coisa que se mova – desde o montador das Casas Bahia ao bulldogue da veterinária – e adora brincar com seu porquinho de pelúcia. O nome dele é uma homenagem ao cantor Mika… inclusive tem um vídeo “Mika meets Mika” com o filhote ouvindo uma música do cantor pela primeira vez. Hehehe. Acho que ele não entendeu muito:

Ter cachorro dá trabalho: ele ainda não aprendeu a fazer as necessidades no lugar certo, já fez no colchão da preguiça (que a gente põe pra deitar na sala), no sofá… às vezes ele dá uma choradinha, óbvio, porque é um filhote e quer atenção, não gosta de ficar sozinho. Mas ele não costuma chorar à noite nem quando estamos fora – é um cãozinho muito independente e esperto. Veio com verme, gastroenterite, anemia e pulga. É difícil pegar cachorro de abrigo porque alguns lugares não dão atenção individual a cada cãozinho, então já levamos na veterinária e ele começou a ser medicado! Já está muito mais ativo e a anemia foi embora :) Está tomando injeções em casa… e tem medo de agulha que nem a mãe (eu, hehe)!

Estou feliz. Adotar é, mesmo, tudo de bom! :)

 

PS: Ah, eu como boa nerd fiz um tumblr pra ele. Olha lá: http://mikadodia.tumblr.com