Instagram

Follow Me!

Tem documentário sobre as riot grrrls brasileiras vindo aí

Alguém finalmente ouviu as minhas preces: estão produzindo um documentário sobre a cena riot grrrl brasileira, também conhecida como os anos mais loucos e divertidos da minha vida. O documentário, claro, não tem nada a ver comigo, mas vai contar como surgiu a cena que uniu minas no rock nos anos 90 resgatando histórias de grandes bandas como TPM, Hitch Lizard, Dominatrix, The Biggs, The Hats, Hidra, The Dealers e Comma.

Uns anos atrás produziram um documentário muito legal sobre a cena “emo”, que era basicamente o hardcore do começø dos anos 2000. Por mais que eu tenha adorado a produção, ficou bem claro que o hardcore brasileiro sempre foi um grande clube do bolinha. E conforme ideias feministas chegavam aos ouvidos de meninas em todos os lugares, foram sendo criados espaços em que as minas pudessem mostrar seus sons cheios de fúria feminina da melhor espécie.

Promo | Faça Você Mesma from Black Sheep Filmes on Vimeo.

Viver essa época foi incrível. Eu vinha de Atibaia pra ir em festivais de bandas de mina e adquirir 45 novas crushes por show.  Foi num desses festivais que eu dei meu primeiro mosh, que foi um desastre, mas eu tenho até foto pra mostrar:

O movimento riot grrrl brasileiro me inspirou a ter banda (a falecida Hipo Condria, que começou se chamando Pathetic Underwear, que sinceramente eu não percebi na época quando criei o nome mas era uma grande crítica aos papéis de gênero… eu só pensei que gostava de usar cuecas mais do que calcinhas) e me inspirou a ir atrás das minhas coisas. Também em inspirou a escrever poesia, fazer zines e acabar fazendo faculdade de design gráfico por causa disso. E, anos depois, retomar meu contato com essas ideias me trouxe ao feminismo, que me ensinou a maior lição de todas: cultivar minha auto estima. Então sim, ser uma riot grrrl mudou minha vida, e vai ser muito emocionante poder assistir esse documentário.

Só que as minas precisam de apoio financeiro pra fazer isso aí rolar! Então se você puder, qualquer ajuda é bem vinda no Catarse do projeto. Eu ajudei com o que conseguia hoje e vou divulgar pra todo mundo fazer esse lance acontecer. Elas tem 17 dias pra conseguir 30 mil reais. Gente, não é difícil. Se a gente se juntar, conseguimos fazer rolar! Vamos divulgar?

Se você quer saber mais sobre o movimento riot grrrl, recomendo o documentário The Punk Singer, sobre a Kathleen Hanna! Tem post aqui no blog.