Instagram

Follow Me!

stranger-things-banner-600x300

Todo mundo está viciado em Stranger Things

Sexta-feira, enquanto eu esperava o boy se arrumar pra irmos ao cinema ver Ghostbusters (sim, vai ter post sobre isso também), comecei a ver uma série que o Netflix me sugeriu chamada Stranger Things. Obcecada pelo primeiro episódio, ao voltar do cinema fiz o Rafa assistir também. E aí vimos mais um. E no sábado passamos o dia chuvoso debaixo do cobertor assistindo a todos os episódios da primeira temporada da série mais legal dos últimos tempos.

strangerthings2

Sense8? OITNB? Game Of Thrones? São todas séries que eu amo e acho muito boas. Mas Stranger Things não precisa de enredo mirabolante e efeitos especiais de milhões de dólares pra tocar o coração de quem nasceu ou cresceu nos anos 80, e teve a infância recheada de filmes na sessão da tarde (não existia nem tv a cabo naquela época, gente).

A série conta a história de um menino que desaparece misteriosamente e muitas coisas estranhas começam a se desdobrar a partir disso. Seus melhores amigos resolvem investigar por conta própria, enquanto a mãe do menino jura que ele ainda está vivo. E a partir daí, uma série de referências aos filmes e séries que alimentavam nossa imaginação nos anos 80 começa a surgir, inclusive na trilha sonora – quem me conhece sabe o quanto eu amo o new wave e o punk dos anos 80 e a trilha está cheia de joy division e clash.

Além do mais, saca esse poster:

stranger_things

Enredo bem resolvido, personagens bem construídos que crescem maravilhosamente ao longo da trama, fotografia incrível, trilha sonora massa e tudo aquilo que toca nosso coraçãozinho: temos. Winona Ryder como a mãe do garoto desaparecido, omis falando que ela enlouqueceu quando estava certa o tempo todo, amizades incríveis entre crianças com roupas maravilhosas e universos alternativos: cerejas no bolo!

O site AdoroCinema postou os oito primeiros minutos do primeiro episódio legendado. Assiste aí:

Eu aproveitei e fiz uma playlist no meu Spotify com as músicas que tocam nos episódios. Faltou uma ou duas que a plataforma não tem, mas a maioria tá aí:

Pode desmarcar seus compromissos e assista os oito episódios que já estão na Netflix. A segunda temporada foi confirmada. Pode ser pra semana que vem?