Instagram

Follow Me!

keep-calm-and-don-t-be-a-bully-7[1]

Trote é legal?

Outro dia, enquanto descia pela Avenida Angélica de ônibus quando voltava do trabalho, vi alguns alunos do Mackenzie tomando trote. Os meninos estavam pintados e com farinha no cabelo. Já as meninas, além da tinta e da farinha, tiveram suas roupas cortadas na região dos seios, das coxas, da barriga e da bunda. Uma das meninas estava com um ex-calça que os veteranos devem ter cortado as pernas, a deixando com um micro-short, que puxava o tempo todo pra baixo, claramente incomodada com a situação.

A cena me deixou com um nó na garganta. Eu tenho uma história lixo com trote, e vou contar de forma resumida: em 2005 entrei na faculdade, mas como minha turma era a primeira do curso, os alunos de outro curso deram trote na gente. Eu fui pedir dinheiro no farol, como mandaram. Não estava afim, pois estava muito sol e eu sou muito branca, mas eu queria muito fazer novos amigos… então acabei indo pra não ser a “chata” que não quer participar da brincadeira. eu tinha 18 anos e não manjava muito da vida. Quando a gente tem essa idade e quer se enturmar, se sente mal por dizer não. Então eu fiquei lá, no sol, pedindo dinheiro no farol, e os meus veteranos viram que eu estava ficando vermelha. Eles não fizeram nada pois, de acordo com eles mesmos “Bixo tem é que sofrer”. E eu sofri. Sofri com uma insolação severa, hospital, soro, e uma semana de cama.

Todos os anos a gente vê relatos de abusos que resultam em acidentes graves e até morte. Isso sem contar todos os que não são denunciados, como essas alunas que ficaram seminuas como eu pude ver, e tantas outras que são obrigadas a simular sexo oral em legumes e coisas do tipo Isso não é divertido e nem legal. Nós mulheres já temos que aguentar abuso todos os dias na rua. Entrar na faculdade é muito legal, vamos nos formar profissionais e fazer muitos novos amigos. A primeira semana não tem que ser traumatizante de nenhuma forma. E ninguém tem que aceitar abuso pra ser incluído, não importa seu gênero.

Se você está entrando na faculdade agora e não quer passar por isso, se manifeste e diga não. Vá direto pro bar, faça amigos de outras formas, converse com as pessoas. Se você está passando por um farol, não dê dinheiro pra essa galera. Não incentive a humilhação. Guarde seu dinheiro para uma causa mais importante e gente que realmente precisa, como uma associação que ajude crianças, animais, ou pessoas em situação de risco. Se você é veterano, seja consciente e aprenda a respeitar o espaço do seu calouro. Não é porque você teve um veterano idiota que você precisa ser um também. Don’t be a bully.

Em tempo: quando chegou minha hora de dar trote, levei filtro solar e passei em todo mundo. Ninguém que não quis participar, não participou. Eu mesma não fiz ninguém ir pro pedágio e fui direto pro bar. Fiquei sabendo esses dias que meus bixos fizeram o mesmo nos anos seguintes. Fiquei feliz :)