Instagram

Follow Me!

Katniss1

Porque Katniss é o exemplo que as garotas deveriam seguir.

*ATENÇÃO! Esse texto possui spoilers. Se você ainda não viu os dois filmes de Jogos Vorazes e não quiser ler pedaços da história, não leia!*

Na minha época de adolescência, não haviam muitas personagens femininas em quem me inspirar. O que existia era Harry Potter (e, bem, a Hermione é meio chata) mas a febre dos livros juvenis veio forte quando eu já era adulta. Então eu olhava para as garotas da música, como Kathleen Hanna. E era o que eu tinha, uma mulher real que existia de verdade cheia de defeitos e um cérebro que era tudo o que eu queria ter – além de uma banda muito legal, algo que a minha nunca chegou a ser, heh.

Katniss1

Na terça-feira fui assistir Jogos Vorazes – Em Chamas com minha amiga Anne e saí super pensativa. Veja bem, eu não li os livros ainda (na verdade comprei os três assim que cheguei em casa e estou só esperando chegar). Tudo o que sei de Katniss é o que vi nos dois primeiros filmes da saga e posso dizer que me encantei.

Eu preciso confessar gosto desses filmes para adolescentes e que normalmente pensamos que serão super bobos. Li todos os livros da saga Crepúsculo e também vi todos os filmes. Uma coisa que me irritava muito é o quanto Bella Swan era um exemplo para as menininhas que eram loucas pela personagem. Na fila do cinema (assisti todos sozinha, não era justo forçar ninguém a passar por aquilo) ficava prestando atenção nas conversas e ouvia o quanto elas queriam ser Bella.

Se você não está familiarizado com a saga Crepúsculo (em que caverna você se escondeu nos últimos seis anos?), explico: ela conta a história de Bella, uma adolescente introvertida que conhece um vampiro na escola e se apaixona. Ela também tem um amigo lobisomem, que é apaixonado por ela e inimigo dos vampiros. Durante toda a saga, Bella é uma personagem frágil que precisa constantemente ser salva pelos homens em sua vida. Quando seu relacionamento termina, tem uma crise de depressão no meio de uma floresta e é encontrada por uma equipe de resgate (!!). O tempo inteiro ela se esconde atrás de um vampiro – e tudo bem se ele não estiver lá, afinal, tem outro macho lobisomem pra protegê-la quando se enfiar numa merda de novo.

Eu não consigo entender porque alguma garota gostaria de ser essa personagem, ou se inspirar nela pra qualquer coisa. É uma garota que não consegue pensar por si ou tomar decisões que não dependam de outra pessoa, e que não sabe levantar a voz pra nada. Quando assisti o primeiro filme de Jogos Vorazes fiquei encantada pela personagem principal.

Jogos Vorazes, se você está em outra bolha, conta a história de Katniss Everdeen, uma garota que vive no mundo pós-apocalíptico. Em Panem, seu país, os poucos ricos vivem uma vida surreal enquanto o resto dos distritos passa fome e vive na miséria, sobrevivendo à repressão e violência dia após dia. Como distração dos problemas de Panem, a Capital realiza anualmente os Jogos Vorazes. Dois jovens de cada distrito são escolhidos para uma espécie de reality show sangrento em que apenas um deve sobreviver, levando riqueza para a sua família e alimentando as esperanças do resto da população. No dia da escolha dos participantes, a irmã mais nova de Katniss é escolhida e ela se voluntaria para ir no lugar.

Sim, há uma história de amor ao fundo. Quem disse que uma mulher forte não pode amar ninguém? Mas Katniss não se deixa abalar por um sentimento quando seu ideal é muito mais importante. Em uma das cenas de “Em Chamas” quando seu par romântico, Gale, pergunta se ela o ama, ela responde “você sabe que eu não posso responder isso agora, porque há tanto acontecendo que eu não tenho espaço para mais nada”. O que Bella Swan faria nesse momento? AH DEIXA PRA LÁ VAMOS FICAR JUNTOS E O MUNDO SE EXPLODA. Mas Katniss tem ideais. Ela tem uma família e um país sendo destruído pela opressão. Não é boa fazendo amigos porque não tem tempo pra isso já que estava ocupada demais realmente aprendendo a manejar um arco. No fim do primeiro filme, ela prefere morrer a deixar o governo idealizador dos Jogos vencer e sugere que os dois finalistas – o outro sendo um menino de seu distrito, Peeta – comam amoras envenenadas. Quando ela volta para a batalha no segundo filme, passa o tempo inteiro carregando Peeta – ele é a Bella da história, sempre se machucando e fazendo alguma merda quando deveria estar salvando a própria pele.

Katniss é uma mulher forte, independente, destemida sem ser irreal – seus pesadelos e a síndrome pós-traumática tornam ela uma garota normal, longe de ser uma super heroína. Ela é uma feminista e uma anarquista, lutando ao lado do povo pelo que acredita ser justo para todos, sem colocar seus interesses pessoais acima do qeu realmente importa. Ela é o que todas as garotas adolescentes deveriam querer ser.

E garota, num mundo onde Miley Cyrus pensa que é a maior feminista do mundo, Katniss deveria ser sua Kathleen Hanna.

  • isadora_c

    Belíssimo texto… e não tenho como deixar de concordar! Katniss é uma personagem admirável, talvez a mais forte personagem feminina já criada nas sagas.

  • Ana Paula Buzzo

    Eu acho um tanto quanto complicado comparar as duas personagens sendo que elas vivem em universos completamente diferentes e passam por situações praticamente opostas.

    Bella é uma personagem sem graça, mas é meio que uma adolescente comum, classe média, tem um carro (velho, mas tem), tem amigos mas reclama da vida e se sente sozinha. As meninas se identificam com ela exatamente por isso, por ela ser uma personagem muito comum.
    Katniss é uma personagem incrível, mas ela vive num mundo totalmente diferente. Seu distrito não tem nem sequer alimentos direito, a familia passa necessidade. É difícil pensar como foi para ela crescer ali naquele distrito. Ela teve que viver muitas situações péssimas para aprender a se virar.

    Mesmo assim eu acho que, dentro do contexto, Bella foi corajosa em vários momentos da história, principalmente em Amanhecer quando decidiu ir até o final com a gravidez mesmo sabendo que poderia morrer por isso.

    Enfim, gosto muito das duas história e acho difícil comparar, mas sim, Bella é meio sem graça NO GERAL, Katniss é o oposto dela. É uma personagem que faltava mesmo nos dias de hoje. :)

  • Raissa

    Concordo, em partes. Na minha opinião, acho que você está fazendo uma comparação sem nexo algum; exemplo, Bella é uma garota frágil e comum, com uma vida comum e repleta de coisas entediantes, que todos nós nos vemos em algum ponto da vida. E sem contar que a história se passa num contexto sobrenatural, por mais que eu achei besta vampiros brilhando ao sol, é sim sobrenatural. Já a história da Katniss, além de ser uma garota que cresceu por si (praticamente), mostra um lado sombrio da verdade do mundo; mostra a fome, e como somos tão fáceis de controlar.

    Sem contar que, um dos poréns da continuação do livro não é apenas a Katniss pressionada pela Capitol, mas sim também o triângulo amoroso entre Gale e Peeta, que não, não é um Bella Swan da vida. Pode parecer nos filmes, mas o Peeta é um garoto super forte, porque não se esqueça, não só a Katniss, mas ele e todos os outros são controlados pela Capital. Confesso que em certas partes dos livros (e no filme) ele foi bem mole, mas teve seus momentos de brilho e força.

    Mesmo assim, concordo com o fato da Kat ser um exemplo; ela é forte, e não se abate fácil.

    Espero não ter passado Spoiler algum dos livros :)

  • Amanda Martins

    Adorei o seu pensamento,pois eu compartilho do mesmo. Seu blog está ótimo,continue assim ;)