Instagram

Follow Me!

skins1

O curto retorno de Skins

Quando Skins teoricamente tinha acabado de vez – com promessa de filme e o caramba a quatro – eu fiquei super triste. As últimas temporadas não eram a mesma coisa, mas mesmo assim, eu acabava me apegando aos personagens. Fiquei sabendo de uma sétima temporada que traria personagens antigos de volta e quase surtei de alegria!

skins1

Pra quem não conhecia antes, a serie acompanha a vida de um grupo de adolescentes britânicos. É bem pesada. Cada grupo ‘durou’ em média duas temporadas. A sétima conta o que aconteceu com três personagens: Cassie, Effy e Cook.

Skins Series 7 estreou no dia primeiro de julho no E4. Assisti os três primeiros episódios e já chorei pra caramba. Não vou liberar os spoilers aqui, mas procurem no torrent! Se vocês curtiam como eu, vão ficar em choque.

Os seis episódios da temporada são divididos em três histórias (com dois episódios cada uma). ‘Fire’ conta a história de Effy, ‘Pure’ conta a história de Cassie e ‘Rise’ conta a história de Cook. Acho que não estou preparada psicologicamente pra ver o que vai acontecer com o Cook… tenho até medo! Hahaha.

skins3

Enfim, vai deixar um gostinho de despedida. Queria muito encontrar um box com todas as temporadas anteriores de Skins! Alguém sabe onde pode ter?

 

  • Alyce Takai

    Quando conheci Skins, estava na fase mais densa e absurda da depressão. Sempre achei uma bobagem quem dizia que chorava com seriado e me vi em Skins, me debulhando em lágrimas durante 45 minutos sem parar.
    Me apegava em personagens como se fossem eu, como se fossem o que eu já havia sido.
    Personagens que contavam muito do que eu era e me ajudavam a descobrir o que sou.
    Foi um seriado que me mostrou que muitas das minhas feridas que eu jurava que estavam cicatrizadas, não estavam.

    Chorei em todos, exatamente todos episódios.
    De todas temporadas, ainda que as mais fracas.
    Quando a Effy tentou se matar, era um pedaço de mim que também queria fazer o mesmo e foi quando entendi a minha própria fragilidade.
    Me vi sendo ingenua como a Cassie, mindfuck como a Franky, explosiva como o Cook…

    Tinha um pouco de cada um deles em mim.

    Ansiosa que sou, vi o primeiro episódio desta sétima temporada, mas decidi que vou esperar acabar pra ver de uma vez só.

    E chorei muito. Decidi que quero sentir dor de uma vez, me despedir de uma vez só.
    Mas realmente não estou pronta pra dizer adeus.

    Acho que nunca vai existir uma série como Skins.

    • Vai se preparando, viu. Eu chorei que nem uma doente no segundo episódio…

      • Alyce

        DEUS ME LIVRE! Nem quero pensar ainda Dani. Pra mim pelo menos vai doe muito me despedir.

        Skins foi o que me curou, o que salvou e o que me devolvia a sanidade ao mesmo tempo que me fazia repensar em como eu cheguei até ali.

        É como se parte de mim estivesse sendo tirada!

    • e não vai existir mesmo! tenho dó de quem se apegou a Gossip Girl porque, né… nada como um bom tapa de REALIDADE como skins foi nas nossas juventudes.

  • Isabela