Instagram

Follow Me!

Look: almoço com as amigas

No fim de semana passado saí pra almoçar com a Sheila e a Bruna, duas amigas queridas. A Sheila tá se mudando pra outra cidade longe pra cacete e fomos aproveitar enquanto ela está aqui! Fazia séculos que não a via e foi muito gostoso. Queria ter tirado fotos, levei a câmera, mas o papo tava tão bom que esqueci.

Fazia um calor do demo e foi a ocasião ideal pra finalmente estrear no blog essa camiseta incrível da Camiseteria. Sou apaixonada pela estampa, que tem uma menina meio pin-up! A saia estampada com mini corações é de uma coleção antiga da C&A, que eu não tinha usado muito porque quando comprei estava me sentindo acima do peso e achava que esse modelo não favorecia muito… mas com a camiseta por cima, que é mais compridinha, ficou perfeito.

Ah, a Camiseteria entrega super rápido… então se você ainda não comprou presente de Natal, é uma super pedida. As estampas são maravilhosas e a malha é muito boa mesmo! No inverno também rolam uns moletons lindos. Aliás, uma das minhas estampas favoritas tá com desconto <3

Vou começar a tirar umas fotos mais dos detalhes, porque sempre me perguntam dos acessórios e eu sempre esqueço de tirar foto.

Um amor que te tire o sono.

Estou escrevendo esse texto alguns minutos depois de desistir de combater a insônia. Meu corpo está cansado, minha cabeça e meus olhos também – passei o dia vendo TV, depois fui ao cinema e ainda escrevi mais um pouco. Eu deveria estar dormindo e amanhã será um longo dia de trabalho. Mas não estou, pois estou vivendo um grande amor.

Explico: meu namorado tem uma filha que mora numa cidade que fica a seis horas daqui. Quase todo fim de semana, ele viaja de ônibus para vê-la. Ela é incrível e apaixonante. Mas quando ele vai, eu fico aqui. E espero.

Eu sempre quis amar alguém por quem eu fosse muito apaixonada. Por algum motivo meus relacionamentos perdiam a graça por volta dos onze meses. Eu não queria mais estar ao lado da pessoa, me cansava da voz dela, dos beijos, do sexo. Não tinha mais a ânsia de vê-la. E eu, a última romântica, preciso dessa sensação de paixão que todo mundo diz que passa.

Pra mim, a paixão não tem que passar. Pode, sim, diminuir. Mas é muito triste quando você não tem vontade de dividir suas noites e dias com alguém. Quando sai para os lugares e a pessoa não faz mínima falta. Amor é querer dividir tudo. É assim que eu amo.

Quando conheci o meu menino em circunstâncias um tanto estranhas (acho que já contei aqui), eu não sabia que seria assim. Mas a verdade é que eu me surpreendo a cada dia com o que sentimos. Essa semana ele me mandou uma mensagem no celular dizendo que mesmo depois de mais de dois anos juntos, sentia minha falta todos os dias. Mesmo tendo saído pra trabalhar de manhã, às oito da noite já estava com saudade.

Hoje fiquei com muita saudade dele e li um texto que ele escreveu pra mim, sobre o dia em que me conheceu, num blog aleatório em que ele não escreve há mais de um ano. E eu pensei, e até postei no twitter, quesempre quis um namorado que escrevesse bem. A verdade é que o Senhor Meu Namorado é muito inteligente. E é muito bom poder admirar alguém assim. Eu sei que ele é ótimo na profissão, que tem um dom com as palavras – mesmo que as vezes eu não concorde com elas. Ele gosta de ler. E eu sou o tipo de gente que perdia toda a paixão adolescente por uma pessoa que dizia que não gostava de livros. Aí eu encontro esse cara que além de ler, escreve bem, assim. Numa entrevista de emprego. Todo descabelado.

Eu contei tudo isso pra dizer que agora estou aqui sem sono como eu fico em todos os domingos de fins de semana em que ele viaja. Eu sei que ele está num ônibus nesse minuto voltando pra mim, e deve chegar em casa por volta das seis e meia da manhã. Mesmo se eu conseguir dormir, devo acordar muitas vezes na madrugada pra ver se ele está na sala ou no banheiro, se trocando pra pular em cima de mim e me acordar com um beijo. É sempre assim. Ele nunca chega silenciosamente e dorme. Ele me acorda, me beija, diz que estava com saudade e nós nos abraçamos muito forte.

Eu estou feliz: encontrei um amor que me tira o sono.