Instagram

Follow Me!

Playlist: Oh The 80s!

ohthe80s

No recesso de fim de ano assisti vários filmes antigos. Sou grande fã dos filmes dos anos 80, não só porque cresci vendo reprises na sessão da tarde mas também porque acho que não se faz mais trilhas sonoras como se fazia antes! Pensando nisso me empolguei e preparei uma playlist com o melhor dos filmes 80s pra animar o ano novo de vocês! :)

Ah, e ainda preparei a lista das músicas com ano de lançamento e filmes que saíram. Amo todos esses filmes! Então além da playlist, vocês podem ter um bom fim de semana com filmes incríveis dos anos 80!


#1) Don’t You (Forget About Me) – Simple Minds (1985) [do filme Breakfast Club/Clube dos Cinco, também de 1985]
#2) Pretty in Pink – Psychedelic Furs (1981) [do filme Pretty in Pink/A Garota de Rosa Shocking, de 1986]
#3) The Killing Moon – Echo & The Bunnymen [do filme Donnie Darko, de 2001*]
#4) The Power of Love – Huey Lewis and the News [ do filme De Volta Para O Futuro/Back To The Future, também de 1985]
#5) Oh Yeah – Yello (1985) [do filme Ferris Bueller’s Day Off/Curtindo a Vida Adoidado, de 1986]
#6) Into The Groove – Madonna (1985) [do filme Procura-se Susan Desesperadamente, também de 1985]
#7) Cruel Summer – Bananarama (1983) [do filme Karate Kid, de 1984]
#8) Weird Science – Oingo Bongo (1985) [do filme Weird Science/Mulher Nota Mil também de 1985]
#9) Revenge of The Nerds – The Rubinoos (1984) [do filme homônimo, A Vingança dos Nerds, do mesmo ano]
#10) Something to Remember Me By – Jim Walker (1987) [do filme Te Pego Lá Fora/Three O’Clock High de 1987]
#11) Would I Lie To You – Eurythmics (1986) – [do filme Verão Muito Louco/One Crazy Summer, do mesmo ano]
#12) Take My Breath Away – Berlin (1986) [do filme Top Gun, do mesmo ano]

*Donnie Darko não é dos anos 80, mas a música sim e é tão icônica que resolvi manter! :D

Ah, se você não consegue ver o player pode ouvir a playlist clicando aqui!

Playlist: pra ouvir preparando a ceia!

Semana que vem já é Natal e eu já estou pensando na ceia lá de casa. Esse ano vamos passar o dia 24 em casa, só nós dois. Será uma ceia pequena mas muito especial!

natalroqueiro

Pra animar a preparação pro nosso primeiro Natal a dois, preparei uma setlist de músicas típicas pra rolar durante a famosa preparação do peru (hehe). Tem algumas músicas da playlist que postei ano passado e mais algumas… fiz tipo o peru de natal mesmo, que a gente passa uma semana reciclando! :D

Espero que vocês gostem :) Clique aqui para ouvir se a playlist não aparece pra você!

 

Carrie Diaries – a série de TV!

Já falei nesse post sobre o Summer And The City, o segundo livro da série The Carrie Diaries que fala mais sobre nossa querida Carrie Bradshaw – personagem principal de Sex & The City – quando era adolescente e logo que se mudou pra NY! Pois foi vendo a resenha da Mel, que leu o primeiro livro agora que resolvi procurar se existiria um terceiro livro… Nessa busca acabei descobrindo que a série estreia em breve!

Pilot

A CW produziu uma temporada da série baseada nos livros. Pelo trailer dá pra perceber que não tem nada a ver com os livros… a Carrie de Candace dá mega azar vem várias coisas e vai parar em NYC de um jeito muito diferente. Além disso, muito se especulou sobre atrizes mais famosas vivendo as personagens que já conhecemos, mas não foi bem isso que aconteceu pelo jeito…

Vi várias pessoas falando nos comentários do vídeo que parece ser uma versão tosca de Jane By Design, série teen que conta a história de uma menina que sonha em ser estilista em NY. Eu também não assisti essa série ainda, mas fiquei curiosa e já estou baixando! Infelizmente a série foi cancelada ainda na primeira temporada…

A série estreia no dia 14 de janeiro lá nos EUA. Os produtores são os mesmos de Gossip Girl e quem interpreta Carrie é a AnnaSophia Robb. Vamos esperar!

 

Wishlist de fim de ano!

Esses dias fui ver os posts que estavam no rascunho. Acreditam que minha wishlist de natal do ano passado tava lá até hoje? Esqueci de postar! Foi bom pra ver o quando minhas necessidades e vontades mudaram!

 

1) Minha coleção de discos só cresce, tanto dos que adquiri em feirinhas quando os que herdei/afanei da casa dos meus pais. O problema? Me falta uma vitrola. Essa aí custa R$500 na Casa dos Toca-discos.

2) Amos jogos de dança pro Kinect, do Xbox! Recentemente lançaram o Just Dance 4 e o Dance Central 3. Além de serem muito divertidos, você gasta muitas calorias jogando esses jogos! Além deles, gosto de jogos de luta e GTA, que ainda não tenho. Queria também um outro controle pra poder jogar contra o Chicó e, claramente, ganhar dele.

3) Um futon delícia desse ia ficar incrível na minha sala e ia acabar com o leva e traz do colchão quando queremos mais conforto pra ver TV. R$800 na Meu Móvel de Madeira.

4) Prometi que em 2013 vou fotografar mais. Essa Fisheye No. 2 Lime Punch custa $279 na Lomography Brasil. Essa cor está esgotada, mas olha só a rosa que maravilhosa!

5) Nunca usei os cosméticos da Benefit mas ouço tanto falar que morro de vontade, principalmente pelo High Beam e Benetint. Esses kits vem com versões menores dos produtos então é perfeito pra quem quer testar! O Feelin’ Dandy sai por R$145 na Sack’s.

6) Quero muito uma mesa digitalizadora pra fazer algumas intervenções em fotos que coloco aqui no blog! Infelizmente não encontrei uma loja brasileira que venda essa Wacom Bamboo Connect, mas na Amazon ela sai por só U$70!

 

Lojinha Mais Magenta no ar!

Dei uma sumida esses dias por dois motivos: trabalho e trabalho! Na correria de fim de ano as coisas ficam muito confusas pra poder fazer tudo a tempo do recesso, e vários eventos rolando em dezembro. O segundo é trabalho é uma novidade muito legal!

Finalmente, meses depois (um ano, quase!) de ter anunciado pra vocês, coloquei a lojinha do Mais Magenta no ar! Tem vários acessórios, entre colares, armações de óculos e anéis que foram garimpados com carinho, a precinho de banana! Você pode pagar por PagSeguro e o frete é de acordo com seu CEP. Os preços vão de R$12 a R$40.

 

O plano é expandir a loja com produções minhas, além dos garimpos. Visita a loja no Tanlup e faça a festa! :D

 

Pra fugir da academia: natação

Gente, eu tentei. Juro que tentei frequentar a academia! A real é que eu não gosto. Não sei se meu problema foi a Runner, a falta de companhia, falta de acompanhamento ou se simplesmente não gosto dos exercícios mesmo. Acho que é um pouco de tudo.

Ir na academia de manhã e sozinha é muito chato. Eu queria ter alguém que fosse comigo, mas o Chico também não gosta e eu não tenho nenhum amigo que faça academia lá. Fora isso, os instrutores não são muito atenciosos porque está tudo sempre muito cheio. Se eu for depois do trabalho, foi encontrar uma quantidade enorme de bombados que não respeitam quem não levanta 400 quilos nas pernas e ficam fazendo cara feia para os iniciantes. A Runner também não tem uma grande grade de aulas como outras academias (vejo o pessoal que faz na Competition muito satisfeito). Então se não dá pra fazer musculação e a Jump só tem às 18h, meu plano anual está lá, quase vencendo, e eu parei de ir.

Só que fazer exercícios é super importante, então quando descobrimos que Chico podia se associar ao SESC como comerciário e que com uma união estável eu poderia ser dependente dele, nos inscrevemos! Como comerciário (você pode ver se sua empresa tem convênio caso você seja contratado CLT) a inscrição é gratuita e os cursos tem um desconto absurdo. Pra se inscrever como usuário tem  uma taxa de 57 reais POR ANO e os cursos ainda são baratos, mas tem um valor um pouco maior. Aí resolvemos começar a natação livre!

Acho que quase todas as unidades do SESC da capital paulista tem piscina. Pra poder nadar é só fazer o exame dermatológico (9 reais pra comerciários e 18 pra usuário) que tem validade de seis meses! Aí tem que usar touca e levar um cadeado pra fechar suas coisas no armário do vestiário. Eu recomendo muito o uso de óculos de natação porque piscinas compartilhadas tem muito mais cloro. O Chico ficou com os olhos super irritados de nadar sem óculos.

No SESC Vila Mariana a piscina é dividida. Metade fica pra aula de hidroginástica ou natação, dependendo do horário, e recreação – pessoas com crianças normalmente. A outra metade é dividida em duas raias – uma para nado intermediário e outra para nado avançado. Eu fico na de nado avançado porque minhas pernas compridas de sapo me fazem deslizar rápido, segundo o salva-vidas que fica lá o tempo todo :)

Se você não tem nenhum problema nos ouvidos, a natação é um dos esportes mais completos que tem. Desenvolve a resistência, a força, trabalha os músculos e a capacidade aeróbia. E, sim,  natação emagrece!  São mais de 500 calorias em uma hora de nado livre moderado. Se você souber nadar borboleta, pode gastar até 800 calorias por hora.

Depois de nadar eu vim trabalhar muito mais disposta. Parece que o cérebro acorda! Estou cansada, claro, porque não me exercitava há algum tempo, mas meu cérebro está super ativo.

Fica a dica! :)

Que outros esportes vocês fazem pra fugir da academia?

Look: almoço com as amigas

No fim de semana passado saí pra almoçar com a Sheila e a Bruna, duas amigas queridas. A Sheila tá se mudando pra outra cidade longe pra cacete e fomos aproveitar enquanto ela está aqui! Fazia séculos que não a via e foi muito gostoso. Queria ter tirado fotos, levei a câmera, mas o papo tava tão bom que esqueci.

Fazia um calor do demo e foi a ocasião ideal pra finalmente estrear no blog essa camiseta incrível da Camiseteria. Sou apaixonada pela estampa, que tem uma menina meio pin-up! A saia estampada com mini corações é de uma coleção antiga da C&A, que eu não tinha usado muito porque quando comprei estava me sentindo acima do peso e achava que esse modelo não favorecia muito… mas com a camiseta por cima, que é mais compridinha, ficou perfeito.

Ah, a Camiseteria entrega super rápido… então se você ainda não comprou presente de Natal, é uma super pedida. As estampas são maravilhosas e a malha é muito boa mesmo! No inverno também rolam uns moletons lindos. Aliás, uma das minhas estampas favoritas tá com desconto <3

Vou começar a tirar umas fotos mais dos detalhes, porque sempre me perguntam dos acessórios e eu sempre esqueço de tirar foto.

Um amor que te tire o sono.

Estou escrevendo esse texto alguns minutos depois de desistir de combater a insônia. Meu corpo está cansado, minha cabeça e meus olhos também – passei o dia vendo TV, depois fui ao cinema e ainda escrevi mais um pouco. Eu deveria estar dormindo e amanhã será um longo dia de trabalho. Mas não estou, pois estou vivendo um grande amor.

Explico: meu namorado tem uma filha que mora numa cidade que fica a seis horas daqui. Quase todo fim de semana, ele viaja de ônibus para vê-la. Ela é incrível e apaixonante. Mas quando ele vai, eu fico aqui. E espero.

Eu sempre quis amar alguém por quem eu fosse muito apaixonada. Por algum motivo meus relacionamentos perdiam a graça por volta dos onze meses. Eu não queria mais estar ao lado da pessoa, me cansava da voz dela, dos beijos, do sexo. Não tinha mais a ânsia de vê-la. E eu, a última romântica, preciso dessa sensação de paixão que todo mundo diz que passa.

Pra mim, a paixão não tem que passar. Pode, sim, diminuir. Mas é muito triste quando você não tem vontade de dividir suas noites e dias com alguém. Quando sai para os lugares e a pessoa não faz mínima falta. Amor é querer dividir tudo. É assim que eu amo.

Quando conheci o meu menino em circunstâncias um tanto estranhas (acho que já contei aqui), eu não sabia que seria assim. Mas a verdade é que eu me surpreendo a cada dia com o que sentimos. Essa semana ele me mandou uma mensagem no celular dizendo que mesmo depois de mais de dois anos juntos, sentia minha falta todos os dias. Mesmo tendo saído pra trabalhar de manhã, às oito da noite já estava com saudade.

Hoje fiquei com muita saudade dele e li um texto que ele escreveu pra mim, sobre o dia em que me conheceu, num blog aleatório em que ele não escreve há mais de um ano. E eu pensei, e até postei no twitter, quesempre quis um namorado que escrevesse bem. A verdade é que o Senhor Meu Namorado é muito inteligente. E é muito bom poder admirar alguém assim. Eu sei que ele é ótimo na profissão, que tem um dom com as palavras – mesmo que as vezes eu não concorde com elas. Ele gosta de ler. E eu sou o tipo de gente que perdia toda a paixão adolescente por uma pessoa que dizia que não gostava de livros. Aí eu encontro esse cara que além de ler, escreve bem, assim. Numa entrevista de emprego. Todo descabelado.

Eu contei tudo isso pra dizer que agora estou aqui sem sono como eu fico em todos os domingos de fins de semana em que ele viaja. Eu sei que ele está num ônibus nesse minuto voltando pra mim, e deve chegar em casa por volta das seis e meia da manhã. Mesmo se eu conseguir dormir, devo acordar muitas vezes na madrugada pra ver se ele está na sala ou no banheiro, se trocando pra pular em cima de mim e me acordar com um beijo. É sempre assim. Ele nunca chega silenciosamente e dorme. Ele me acorda, me beija, diz que estava com saudade e nós nos abraçamos muito forte.

Eu estou feliz: encontrei um amor que me tira o sono.

A Madonna sabe que eu existo.

Estou o dia inteiro fazendo força pra falar a cada pessoa que chega do meu lado e pergunta como foi ontem. A real é que eu não saberia nem em um milhão de anos descrever a sensação de estar tão perto assim da Madonna.

E por perto, eu digo PERTO. Assim:

Por uma felicidade do destino, consegui um passe pra Golden Triangle. Depois de muita confusão pra pegar a pulseira (quem entrega essas pulseiras é uma gringa ruivinha fofa produtora da equipe da Madonna, e não a produção brasileira, e ninguém sabia dizer aonde essa mina estava) conseguimos entrar. Os DJs de abertura já estavam acabando o set quando pegamos algumas cervejas e algo pra comer (dez reais num cone de pizza é complicado).

Aí comemos e fomos conhecer o tal do triângulo dourado que nos deixaria tão perto de titia Madge. Foi só pisarmos na area que um temporal se armou e por meia hora choveu MUITO. Até desistimos de nos proteger da chuva, o que foi ok porque estava tão calor que secamos muito rápido depois que parou.

De repente, começam os sinos da abertura e a gente corre. Quando ela entra no palco, nem dá pra acreditar do quão perto está da gente…

Sobre o setlist, eu não gosto muito do MDNA. Queria que ela tocasse mais músicas antigas, porque as novas acho meio fuéin. Mas ver ali tão de pertinho… o show é um espetáculo mesmo, com dançarinos incríveis. Total super produção!

Foi um dia feliz. Vou contar pros meus filhos que eu vi esse grande nome da música pop e que em dado momento ela chegou bem perto de onde a gente estava e olhou pra mim. A Madonna sabe que eu existo. E fim.

12