Instagram

Follow Me!

#casalnacozinha: edição WINNING

Olha, preciso dizer o quanto fiquei orgulhosa de mim e do Chicó nesse feriado. Nós superamos toda e qualquer expectativa – que era zero, já que queimamos macarrão e tínhamos feito omelete. Foi praticamente um Survivor na cozinha: sem ingredientes o suficiente, sem utensílios o suficiente (aguardem um chá de cozinha pros próximos meses), e principalmente sem SKILLS o suficiente nós fizemos no sábado à noite, depois de algumas cervejas e morrendo de preguiça…

Pescada Branca + Batatas Semi-Rústicas + Arroz Soltinho + Ovo Mexido


Como isso aconteceu, nem sei. Eu estava entediada, na geladeira tinha um saco de batatas há uma semana e dois filés de pescada branca que compramos na feira de domingo passado. Depois de arrasar o mundo no FrontierVille (tô construindo uma casa pra nós dois, sabe como é, cada um com a casa própria que consegue pagar) eu estava extremamente entediada enquanto o Chicó assistia o jogo do Grêmio. Tirei a bundinha da cama e fui pra cozinha.

Decidi que ia fazer batatas rústicas – que nem as que comemos sempre na Lanchonete da Cidade – mas só tinha três dentes de alho e não tinha alecrim. Ué, quem se importa? Cortei as batatas, com casca mesmo, depois de lavar. Coloquei numa forma com azeite, pimenta e sal e deixei no forno médio por um bom tempo, sempre checando se já era hora de virar pra dourar por igual dos dois lados. Nessa receita acho que foi o único erro da noite: eu já tinha colocado um pouco de sal, mas aí coloquei sal grosso e algumas batatas ficaram salgadas demais. Na próxima, ficar só com o sal.

Depois, o arroz. Tá, vocês podem estar rindo da minha cara mas eu nunca tinha conseguido fazer um arroz decente. Aí minha mãe ficou com dó e mandou um pacote daquele ‘Meu Arroz’, e se você erra seu arroz com isso é melhor desistir das panelas. Fica uma delícia, soltinho, branquinho…

E o peixe… a gente não sabia que demorava tanto pra descongelar. Depois dos séculos passados, deixei marinar (pros leigos como eu, deixa descansar num prato nesse líquido) os dois filés de pescada branca um pouco em azeite + sal + pimenta + suco de um limão. Daí foi só fritar, deixar despedaçar mesmo e pronto. Ficou UMA DELÍCIA.

Eu não uso muito medidas, vou sempre no olho e no deus-me-ajude. E no feriado ele estava de bom humor, porque ajudou :)

 

  • Putz, queimar macarrão! Grava essa proeza, quero ver! hahahah

    Concordo que fazer arroz não é fácil, é simples. Mas é difícil, justamente por ser tão simples. Mas usar “Meu Arroz”, nãooooooooo! Tabuuuu, tabuuu.

    Bom, ao menos, o temperinho do peixe está certo. Peixe, quanto menos coisa colocar, melhor! :D

    • daniellecruz

      mas ficou gostoso! eu desisto de fazer arroz sem esse negócio até comprar panelas novas. hahahaha.

      a gente queimou um outro negócio. era aquele cabelo de anjo, o chicó colocou um recheio e levou ao forno. sabe? mas aí esqueceu lá. hahahaha.

      e você tem um blog SÓ DE COMIDA, não me humilhe :D
      (além do mais, por sua causa quase comprei uma sorveteira)